Geral
publicado em 28/03/2013 às 10h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Ilustração: UPenn
Cientistas internacionais conseguiram sequenciar 1.092 genomas humanos de indivíduos ao redor do mundo.
  « Anterior
Próxima »  
Cientistas internacionais conseguiram sequenciar 1.092 genomas humanos de indivíduos ao redor do mundo.

O maior estudo internacional realizado sobre alterações genéticas até a data identificou mais de 80 marcadores genéticos que podem aumentar o risco de câncer de próstata, mama ou ovário.

O projeto, liderado por pesquisadores da University of Cambridge e do Institute of Cancer Research (ICR) no Reino Unido, pode levar a um teste de rastreio do DNA em cinco anos.

O projeto representa a primeira vez em que os investigadores alcançaram uma imagem relativamente clara do número total de alterações genéticas que podem ser ligadas a estes cânceres.

Em última análise, os pesquisadores esperam ser capaz de calcular o risco individual de câncer, entender melhor como esses cânceres se desenvolvem e ser capaz de gerar novos tratamentos.

Os principais resultados são publicados em cinco artigos na revista Nature Genetics.

Os artigos são originários do COGS (Collaborative Oncological Gene-environment Study), um consórcio de base europeia, onde mais de 160 grupos de pesquisa de todo o mundo estão incluídos. Nos cinco estudos, os pesquisadores analisaram 100 mil pacientes com câncer de ovário, mama ou próstata e 100 mil indivíduos saudáveis da população geral.

Os cientistas realizaram análises genéticas de todos os participantes do estudo. A composição das bases A, G, C e T, foi estudada em 200 mil seções selecionadas da cadeia de DNA. Quando os pacientes com câncer tinham composições significativamente diferentes quando comparados com indivíduos saudáveis de controle, as diferenças foram consideradas importantes para o risco de doença.

As alterações podem ser descritas como "erro de ortografia" genética, em que A, G, C ou T foram substituídos por outra letra. Este erro de ortografia é chamado polimorfismos de nucleotídeo único (SNPs).

Para o câncer de mama, os pesquisadores encontraram 49 erros genéticos ou SNPs, mais que o dobro do número encontrado anteriormente. No caso do câncer de próstata, os investigadores descobriram mais 26 desvios, o que significa um número total de 78 SNPs que pode ser ligado à doença. Para o câncer de ovário oito novos SNPs relevantes foram encontrados.

"Uma descoberta igualmente importante é que nós identificamos muitos SNPs adicionais que poderiam influenciar o risco de câncer de mama e câncer de próstata, respectivamente. Para o câncer de mama o número é de 1 mil e de 2 mil para o câncer de próstata. Nós também temos uma imagem de onde no genoma devemos olhar em estudos futuros", afirma o pesquisador Per Hall.

SNPs são parte do nosso patrimônio natural, todos nós temos. Como isso afeta o indivíduo depende de onde na cadeia de DNA esse desvio genético é encontrado.

Os investigadores agora esperam ser capazes de avaliar a importância dos desvios identificados, de modo que será possível prever mais claramente quais os indivíduos estão em risco elevado de desenvolvimento de um destes cânceres.

"Estamos à beira de ser capaz de usar o nosso conhecimento destas variações genéticas para desenvolver testes que poderiam complementar o rastreamento do câncer de mama e levar-nos um passo mais perto de ter um efetivo um exame de rastreio do câncer de próstata", conclui o autor do estudo Doug Easton.

karolinskainstitutet
Estudo internacional revela mais de 80 alterações genéticas ligadas ao câncer

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Alterações genéticas    câncer de mama    câncer de próstata    câncer de ovário    University of Cambridge    Doug Easton   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.