Geral
publicado em 24/03/2013 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

Cientistas dos EUA alteram genoma do mosquito causador da dengue

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Virginia Tech
Técnica de interrupção do gene, para alterar a cor dos olhos de um mosquito, é um passo importante para interromper a transmissão de doença, como a dengue
  « Anterior
Próxima »  
Técnica de interrupção do gene, para alterar a cor dos olhos de um mosquito, é um passo importante para interromper a transmissão de doença, como a dengue

Pesquisadores da Virginia Tech, nos EUA, utilizaram com sucesso uma técnica de interrupção do gene para alterar a cor dos olhos de um mosquito.

A pesquisa é um passo crítico para novas estratégias genéticas que visam interromper a transmissão de doenças como a dengue.

O trabalho, liderado por Zach Adelman e Kevin Myles, usaram um par de proteínas modificadas para cortar o DNA em um local específico para interromper um gene-alvo no genoma do mosquito. Estas proteínas, chamadas TALENS, permitem que pesquisadores atinjam locais específicos com grande eficiência.

Enquanto TALENS foram previamente usadas para editar os genomas de animais e culturas de células humanas, sua aplicação ao genoma do mosquito é uma nova abordagem, de acordo com Adelman.

Segundo os pesquisadores, com o desenvolvimento desta tecnologia, a compreensão da base genética de muitos comportamentos críticos, como a alimentação pelo sangue, a busca por hospedeiros e a transmissão de patógenos deve ser muito acelerada.

Para testar a capacidade das proteínas especificamente para editar o genoma do mosquito, os cientistas projetaram um par de TALENS para atingir um gene cujo produto é essencial para a produção de pigmentação no olho do mosquito Aedes aegypti, espécie de mosquito conhecido por transmitir o vírus que causa a dengue.

Usando o par de TALENS para editar o gene em células germinativas do mosquito no início do desenvolvimento, eles foram capazes de alterar a cor dos olhos de uma grande porcentagem dos mosquitos que surgiram na próxima geração de preto para branco.

"Até à data, os esforços para controlar a transmissão da dengue através da genética têm focado inteiramente na adição de material para o genoma do mosquito. Assegurar que este material adicionado seja expresso de forma adequada e consistente tem sido um desafio. Essa tecnologia nos permite buscar os mesmos objetivos, ou seja, a geração de patógenos resistentes aos mosquitos, através da subtração, por exemplo, removendo ou alterando um gene que é essencial para a replicação do patógeno", conclui Adelman.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Dengue    Mosquito da dengue    Genoma do mosquito    Aedes aegypti    Virginia Tech    Zach Adelman   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Cientistas dos EUA alteram genoma do mosquito causador da dengue
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Cientistas dos EUA alteram genoma do mosquito causador da dengue


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dengue    mosquito da dengue    genoma do mosquito    Aedes aegypti    Virginia Tech    Zach Adelman   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.