Geral
publicado em 21/03/2013 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: CDC
Pesquisa descobriu série de compostos contra a malária com potencial para parar a transmissão da doença
  « Anterior
Próxima »  
Pesquisa descobriu série de compostos contra a malária com potencial para parar a transmissão da doença

Pesquisadores internacionais desenvolveram uma nova droga capaz de combater a malária. O medicamento tem potencial para curar a doença transmitida por mosquitos e bloquear sua transmissão com doses baixas.

A equipe, que fez parte do projeto Medicines for Malaria Venture (MMV), identificou uma série de compostos potentes ativos contra a malária com potencial para parar a transmissão da doença.

Os 4-(1H)-quinolone-3-diarylethers foram descobertos por uma equipe liderada pelos pesquisadores Mike Riscoe, da Oregon Health & Science University e Manetsch Romano, da Universidade do Sul da Flórida, mais de 60 anos após a descoberta do endochin, a primeira quinolona antimalárica

Endochin nunca foi levado adiante devido à falta de atividade em humanos. Hoje, no entanto, essas quinolonas foram otimizadas e demonstraram ser altamente ativas contra os estágios sanguíneos de ambas as espécies principais de parasita da malária (Plasmodium falciparum e Plasmodium vivax). Elas também demonstraram atividade na fase do fígado, bem como efeitos inibitórios sobre as fases que conduzem à transmissão da doença.

Estas quinolonas atacam o mesmo alvo biológico que a atovaquona, o principal componente do antimalárico ® Malarone (atovaquona / proguanil), mas é provável que sejam muito mais baratas de produzir e também têm demonstrado ser eficazes contra estirpes de parasitas que desenvolveram resistência aos atovaquona.

Um candidato da série, ELQ-300, já foi selecionado para testes pré-clínicos. Os dados iniciais demonstram que o composto tem atividade profilática e bloqueia a transmissão da doença, e pode fazer parte de uma combinação de fármacos para a cura de dose única ou de quimioprotecção.

"ELQ-300 é um composto excitante já que preenche uma série de requisitos que precisamos em um antimalárico de próxima geração. Ele tem potencial para se tornar parte de uma terapia de combinação que poderia curar pacientes, prevenir a infecção e bloquear a transmissão da malária, tudo com baixas doses, o que significa menos comprimidos e menores para os pacientes, a um custo mais baixo. Baseando-se em que uma formulação pode ser desenvolvida, ELQ-300 é uma grande promessa para se tornar uma ferramenta para ajudar a diminuir o mapa da malária", conclui Tim Wells, Diretor Científico da MMV.

A pesquisa foi publicada na revista Science Translational Medicine.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Malária    transmissão da malária    ELQ-300    quinolonas    Universidade do Sul da Flórida    Manetsch Romano   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.