Ciência e Tecnologia
publicado em 10/03/2013 às 14h15:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

N ovo método de substituição de dentes usa material de bioengenharia, gerado a partir das próprias células do paciente, para criação de dentes híbridos contendo dentina e esmalte, assim como raízes utilizáveis.

Os pesquisadores isolaram o tecido gengival humano adulto de pacientes do Instituto de Odontologia do Kings College, em Londres, que foram combinados com células de camundongos para fomar os dentes. Transplantando esta combinação de células em ratos, os investigadores foram capazes de observar o desenvolvimento do novo biodente.

Os atuais métodos de implante à base de substituição de dentes deixam de reproduzir toda a estrutura natural da raiz e, como consequência do atrito e do movimento realizado pelos maxilares no processo de mastigação, há uma grande probabilidade de perda óssea em torno do implante.

De acordo com o professor Paul Sharpe, especialista no desenvolvimento craniofacial e em biologia de células-tronco do Kings College de Londres, "as células epiteliais derivadas do tecido gengival humano adulto são capazes de responder a sinais de indução de dentes a partir da mesênquima embrionária de uma maneira apropriada para contribuir para a coroa do dente e a formação de raízes e dar origem a importantes tipos de células diferenciadas, após a cultura in vitro," afirma o pesquisador.

'Estas células epiteliais são facilmente acessíveis, assim, uma fonte realista para consideração na formação do dente biológico humano," afirma o pesquisador.

O biodente

O objetivo do estudo foi produzir dentes através de bioengenharia, num processo focado na geração de dentes imaturos (que imitam os dentes do embrião) e que podem ser transplantados para o maxilar adulto, desenvolvendo dentes funcionais.

Apesar de trabalhar em ambientes muito diferentes, a pesquisa mostrou que dentes embrionários podem se desenvolver normalmente na boca de adultos e, assim, se as células apropriadas puderem ser identificadas e combinadas de tal forma a produzir um dente imaturo, há uma possibilidade realista de criação do dente biológico, afirmam os pesquisadores.

"O mais importante é a identificação, nos pacientes, de células epiteliais e mesenquimais que podem ser obtidas em quantidades suficientes para efetuar a formação de uma alternativa viável aos implantes dentários," completa Sharpe.

A pesquisa foi publicado no Journal of Dental Research

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
substituição de dentes    dente    dentes biológicos    células gengivais    estrutura natural da raiz    Kings College London    Journal of Dental Research    Paul Sharpe   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.