Ciência e Tecnologia
publicado em 27/02/2013 às 12h49:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Lindsay France/University Photography
Foto: Lindsay France/University Photography
Impressora leva instruções de um arquivo construído a partir de fotografias 3D de ouvidos humanos tiradas com um scanner em Rhodes Hall. Lawrence Bonassar, pesquisador envolvido no estudo
  « Anterior
Próxima »  
Impressora leva instruções de um arquivo construído a partir de fotografias 3D de ouvidos humanos tiradas com um scanner em Rhodes Hall.
Lawrence Bonassar, pesquisador envolvido no estudo

Bioengenheiros da Cornell University, nos EUA, conseguiram criar uma prótese de orelha usando tecnologia de impressão 3D.

A orelha artificial, que parece e funciona como um ouvido natural, fornece uma nova esperança para milhares de crianças que nascem com uma deformidade congênita, chamada microtia.

Ao invés de usar células vivas como "tinta", os pesquisadores imprimiram moldes sintéticos, a partir da imagem digitalizada de orelhas de verdade, feitos de um tipo de hidrogel. Em seguida, eles implantaram os moldes sob a pele do dorso de ratos e os "cultivaram". Alguns moldes foram removidos após um mês, e outros, após três meses.

Os moldes que tinham condrócitos, células encontradas no tecido cartilaginoso, incorporados ao gel, cresceram sem perder o formato. "Nós desenvolvemos uma prótese de alta fidelidade, biocompatível, específica para o paciente e construída a partir de engenharia de tecido que ' imita' consideravelmente o ouvido externo tanto no aspecto biomecânico como no histológico", afirmam os autores.

"O novo ouvido pode ser a solução que cirurgiões reconstrutivos há muito tempo desejavam para ajudar as crianças que nascem com deformidade da orelha. O molde também pode ajudar as pessoas que perderam parte ou a totalidade de sua orelha externa em um acidente ou devido ao câncer", destaca o coautor Jason Spector.

Para construir as orelhas, o pesquisador Lawrence Bonassar e seus colegas começaram com uma imagem 3D digitalizada de orelha de um paciente humano e converteram a imagem digitalizada em uma orelha "sólida" usando uma impressora 3D para a montagem de um molde.

Eles injetaram no molde colágeno derivado de caudas de rato, e em seguida adicionaram 250 milhões de células de cartilagem das orelhas de vacas. O gel de alta densidade é semelhante à consistência de gelatina, quando o molde é removido, o colágeno serve como um andaime sobre o qual a cartilagem pode crescer.

O processo também é rápido, segundo Bonassar. "É preciso metade de um dia para desenhar o molde, um ou dois dias para imprimi-lo, 30 minutos para injetar o gel, e nós podemos remover a orelha 15 minutos depois. Nós cortamos a orelha e então a colocamos em cultura por vários dias em meio a células nutritivas antes de serem implantadas", explica.

A equipe agora está estudando formas de expandir as populações de células de cartilagem da orelha humana em laboratório, de modo que estas células possam ser utilizadas no molde, em vez de cartilagem de vaca. "Utilizando células humanas, especialmente aquelas do mesmo paciente, iria reduzir qualquer possibilidade de rejeição", afirma Spector.

Se testes futuros comprovarem a segurança e eficácia do molde, os pesquisadores acreditam ser possível tentar o primeiro implante em humanos em menos de três anos.

Veja mais detalhes sobre esta pesquisa (em inglês).

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Orelha artificial    Impressora 3D    Molde sintético    Cornell University    Lawrence Bonassar   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Orelha artificial    impressora 3D    molde sintético    Cornell University    Lawrence Bonassar   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.