Geral
publicado em 22/02/2013 às 15h30:00
   Dê o seu voto:

Tecnologia detecta pacientes mais propensos a efeitos colaterais da radioterapia

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade de Warwick, no Reino Unido, demonstraram como duas tecnologias podem prever, com mais precisão, quais pacientes com câncer são mais propensos a sofrer com os efeitos colaterais da radioterapia.

A pesquisa, publicada na revista Sensors, descreve como o uso de um nariz eletrônico e de um novo exame de espectrometria, chamado FAIMS (Field Asymmetric Ion Mobility Spectrometry), pode ajudar a identificar as pessoas em maior risco.

As técnicas se baseiam na análise da relação entre os níveis de toxicidade no intestino e a probabilidade de experimentar efeitos adversos.

"Em termos mais simples, acreditamos que os níveis de toxicidade resultam de diferenças na microflora do intestino de um paciente. Ao usar estas tecnologias podemos analisar amostras de fezes e ' cheirar' substâncias químicas que são produzidas por esta microflora para melhor prever o risco de efeitos colaterais", explica o pesquisador Ramesh Arasaradnam.

"Em essência, nós seremos capazes de prever aqueles que são propensos a desenvolver sérios efeitos colaterais do intestino relacionados. Isto irá permitir o desenvolvimento de uma terapia dirigida para estes grupos de alto risco", explica Arasaradnam.

O sucesso do estudo piloto vai levar a uma ampla investigação sobre os possíveis usos dessas tecnologias e pode ser realmente importante para ajudar os médicos a informar os pacientes que vão receber radioterapia pélvica, antes do início do tratamento.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Tecnologia detecta pacientes mais propensos a efeitos colaterais da radioterapia
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Tecnologia detecta pacientes mais propensos a efeitos colaterais da radioterapia


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Radioterapia    efeitos colaterais    nariz eletrônico    espectrometria    Universidade de Warwick    Ramesh Arasaradnam   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.