Geral
publicado em 20/02/2013 às 18h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Laurentiu Iordache/Stock Photo
Pesquisa descobriu relação entre a capacidade de leitura e consistência com que o cérebro codifica os sons
  « Anterior
Próxima »  
Pesquisa descobriu relação entre a capacidade de leitura e consistência com que o cérebro codifica os sons

Investigadores da Universidade Northwestern, nos EUA, encontraram um mecanismo biológico que parece desempenhar um papel importante no processo de leitura e na dislexia.

"Descobrimos uma relação sistemática entre a capacidade de leitura e consistência com que o cérebro codifica os sons" , afirma a pesquisadora Nina Kraus.

Embora a aprendizagem da leitura prossiga sem problemas para a maioria das crianças, um em cada 10 sofre de dislexia, deficiência que dificuldade a aprendizagem da leitura.

Gravando as respostas automáticas de ondas cerebrais de 100 crianças em idade escolar para sons de fala, os pesquisadores descobriram que os melhores leitores codificam o som mais consistente, enquanto os piores codificam com maior inconsistência. Presumivelmente, a resposta do cérebro ao som estabiliza quando as crianças aprendem a conectar com êxito os sons com seus significados.

A equipe equipou as crianças com dificuldades de leitura por um ano com dispositivos de assistência que transmitiam a voz do professor diretamente aos ouvidos. Depois de um ano, as crianças mostraram melhora não só na leitura, mas também na consistência com que seus cérebros codificavam sons da fala, particularmente consoantes.

"O uso dos dispositivos focaram os cérebros das crianças nos sons significativos vindo do professor, diminuindo outras distrações irrelevantes. Depois de um ano de uso, os estudantes tinham aperfeiçoado seus sistemas auditivos e não tinham mais necessidade de usar os dispositivos de assistência para manter a sua leitura e vantagem de codificação", observa Kraus.

Segundo Kraus, entender os mecanismos biológicos da leitura nos coloca em uma posição melhor para entender como funciona a leitura normal e amenizar quando ela está errada. " A boa notícia é que a consistência de resposta à leitura pode ser melhorada com o treinamento auditivo."

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Dislexia    Marcador biológico    Leitura    Universidade Northwestern    Nina Kraus   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dislexia    marcador biológico    leitura    Universidade Northwestern    Nina Kraus   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.