Profissão Saúde
publicado em 19/02/2013 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Imagem: CFM
Foto: Elza Fiúza/ABr
Foto: Elza Fiúza/ABr
Capa da pesquisa sobre a Demografia Médica no Brasil Presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto Luiz D´ávila, concede entrevista coletiva para divulgar os resultados da pesquisa Demografia Médica no Brasil Mario Scheffer, coordenador da pesquisa Demografia Médica no Brasil, durante entrevista coletiva, na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM)
  « Anterior
Próxima »  
Capa da pesquisa sobre a Demografia Médica no Brasil
Presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto Luiz D´ávila, concede entrevista coletiva para divulgar os resultados da pesquisa Demografia Médica no Brasil
Mario Scheffer, coordenador da pesquisa Demografia Médica no Brasil, durante entrevista coletiva, na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM)

O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou nesta segunda-feira(18), em seu segundo volume sobre a Demografia Médica no Brasil, que o Brasil tem quase 400 mil médicos, atingindo a taxa de 2 profissionais para cada 1 mil habitantes.

No entanto, a desigualdade e carência permanecem na oferta de serviços, dependendo da região e das especialidades médicas, devido à falta de critérios para distribuir os médicos. Segundo o relatório, nos últimos 42 anos, o total de médicos no país cresceu 557,7% enquanto a população em geral aumentou 101,8% e a razão médico/habitante também apresentou crescimento significativo.

O presidente CFM, Roberto Luiz D'Ávila, considera o número de médicos suficiente para atender a demanda e cobrou do governo federal a criação de um plano de carreira capaz de atrair profissionais para áreas de menor cobertura, como no interior do país.

Entre 1970, quando havia 58.994 profissionais, e o último trimestre de 2012, o número de médicos saltou 557,72%. O percentual é quase seis vezes maior que o do crescimento da população.

O país nunca teve tantos médicos em atividade, devido a uma combinação de fatores: houve abertura de muitos cursos de medicina, com aumento de novos registros (mais de 4% ao ano), mais entradas que saídas de profissionais do mercado de trabalho, perfil jovem da categoria (baixa média de idade), além de maior longevidade profissional (alta média de anos trabalhados).

Segundo o CFM, a tendência atual é a manutenção dessa curva ascendente. Enquanto a taxa de crescimento populacional reduz sua velocidade, a abertura de escolas médicas e de vagas em cursos já existentes vive um novo boom, o que sugere aumento significativo no volume de médicos a cada ano. Entre outubro de 2011 e outubro de 2012, foram contabilizados 16.227 novos registros profissionais. No entanto, faltam políticas públicas eficientes para a distribuição justa desta oferta.

Segundo o estudo,o comportamento registrado no Brasil difere do de outras regiões do planeta. Na Europa, o número de médicos que se retiram do exercício profissional é maior por conta da faixa etária mais elevada dos médicos e da tendência de se optar por uma aposentadoria precoce. No Brasil, o grupo de médicos de até 39 anos representa 40,59% do total de profissionais na ativa, indicando uma concentração nas faixas mais jovens - o que sugere um tempo maior de permanência no exercício da profissão.

Entre os vários fatores socioeconômicos que determinam a má distribuição dos profissionais no território e a desigualdade no acesso aos serviços, de forma geral, diz o estudo, está a opção dos formandos pelo trabalho nas capitais e cidades com melhor qualidade de vida. Entre 1980 e 2009, dos 107.114 médicos que se graduaram em uma cidade diferente daquela onde nasceram, 36,8% retornaram à terra natal, sendo que as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo são responsáveis por cerca de um terço desses profissionais. Outros 25,3% ficaram na cidade onde se formaram.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
conselho federal de medicina    demografia médica no brasil    desigualdade    serviços de saúde pública    razão médico/habitante   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.