Saúde Pública
publicado em 19/02/2013 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

Anvisa alerta sobre uso indiscriminado de medicamento para hiperatividade

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: NSW
Consumo de metilfenidato, usado no tratamento doTDAH, aumentou 75% em crianças com idade de 6 a 16 anos
  « Anterior
Próxima »  
Consumo de metilfenidato, usado no tratamento doTDAH, aumentou 75% em crianças com idade de 6 a 16 anos

O consumo do medicamento metilfenidato, utilizado no tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), aumentou 75% em crianças com idade de 6 a 16 anos, entre 2009 e 2011.

O estudo realizado pela Anvisa revela sinais de distorção no uso dos produtos e nas estratégias de enfrentamento do problema, avalia a coordenadora do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC) da Agência, Márcia Gonçalves. O uso indiscriminado do medicamento pode estar ocorrendo em todos os estados do país, com destaque para o Distrito Federal, onde o consumo cresceu 30% nos três anos pesquisados.

Em 2009, foram vendidas 156.623.848 miligramas (mg) do medicamento. Já em 2011, o mercado atingiu um montante de 413.383.916 mg do produto.

O boletim aponta ainda que, em 2011, foram comercializadas 1.212.850 caixas do referido medicamento nas farmácias e drogarias do país. Esse número representa uma alta de 28,2 % em relação a 2009 (557.588 caixas de metilfenidato), já considerando o aumento do fluxo de informações recebidas pelo sistema da Anvisa neste período.

O gasto estimado das famílias brasileiras com o produto, em 2011, foi de R$ 28,5 milhões. Esse montante significa um valor de R$ 778,75 por cada mil crianças com idade entre 6 e 16 anos.

Consumo por região

No Distrito Federal, foi registrado o maior consumo de metilfenidato no triênio estudado, onde foram comercializados, em 2011, mais de 114 caixas do medicamento para cada mil crianças. Esse número representa um aumento de aproximadamente 30%, no consumo do produto na comparação de 2009 com 2011.

Na região Norte, Rondônia obteve o maior consumo de metilfenidato, entre 2009 e 2011. Já na região Sul, o Rio Grande do Sul lidera o ranking de consumo no triênio estudado.

O estado do Piauí liderou o consumo do produto na região Nordeste, em 2009 e 2011. Na região Sudeste, em 2011, o maior consumidor do medicamento foi o estado de Minas Gerais.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Anvisa alerta sobre uso indiscriminado de medicamento para hiperatividade
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Anvisa alerta sobre uso indiscriminado de medicamento para hiperatividade


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
transtorno de déficit de atenção    hiperatividade    Anvisa    vigilância sanitária    produtos controlados    metilfenidato   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.