Geral
publicado em 15/02/2013 às 17h30:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: JHU
Imagem: James Eshleman/JHUSM
Anirban Maitra, envolvido no estudo Células pancreáticas cancerosas em crescimento em laboratório
  « Anterior
Próxima »  
Anirban Maitra, envolvido no estudo
Células pancreáticas cancerosas em crescimento em laboratório

Cientistas do Johns Hopkins Kimmel Cancer Center, nos EUA, desenvolveram uma forma de personalizar a seleção de drogas de quimioterapia para pacientes com câncer, usando linhagens de células criadas a partir dos próprios tumores.

Se a técnica for bem sucedida em outros estudos ela poderia substituir testes de laboratório usados atualmente para otimizar a seleção de medicamentos que são limitados e lentos.

Oncologistas tipicamente escolhem a quimioterapia com base na localização dos órgãos afetados e / ou a aparência e a atividade das células cancerosas quando visto sob um microscópio. Algumas companhias oferecem testes comerciais a partir de tumores removidos cirurgicamente utilizando um pequeno número de fármacos anticancerígenos.

Agora, a equipe liderada por Anirban Maitra, criou linhagens celulares que representam com mais precisão os tumores, e podem ser testadas contra qualquer biblioteca de drogas no mundo para verificar a ação sobre o câncer.

Eles desenvolveram as linhagens injetando células tumorais humanas do pâncreas e do ovário em ratos geneticamente modificados para favorecer o crescimento do tumor. Uma vez que os tumores cresceram até um centímetro de diâmetro nos ratos, os cientistas transferiram os tumores para frascos de cultura para estudos adicionais e ensaios com medicamentos anticâncer.

Em um experimento, eles conseguiram identificar com êxito dois fármacos anticâncer entre os mais de 3 mil testados, que eram os mais eficazes para matar as células em uma das linhagens celulares do câncer pancreático.

"Nossa técnica nos permite produzir linhagens de células onde elas não existem hoje, onde as linhagens são mais necessárias ou quando há um paciente particularmente raro ou biologicamente distinto", afirma o pesquisador James Eshleman.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Quimioterapia    seleção de drogas    Johns Hopkins Kimmel Cancer Center    Anirban Maitra   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.