Geral
publicado em 13/02/2013 às 12h50:00
   Dê o seu voto:

Primogênitos têm maior risco de diabetes e pressão arterial elevada

Filhos nascidos primeiro têm 21% menos sensibilidade à insulina em comparação com os irmãos mais novos

 
tamanho da letra
A-
A+

Filhos primogênitos têm maior risco de desenvolver diabetes e pressão arterial elevada, de acordo com estudo de pesquisadores da Universidade de Auckland, na Austrália.

A pesquisa sugere que filhos nascidos primeiro têm 21% menos sensibilidade à insulina em comparação com os irmãos mais novos.

"Apesar de a ordem de nascimento em si não ser um preditor de doença metabólica ou cardiovascular, ser o primeiro filho de uma família pode contribuir para o risco total de uma pessoa", afirma o líder da pesquisa Wayne Cutfield.

O estudo foi publicado na revista Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism.

Em muitos países, as mulheres estão tendo menos filhos, o que significa uma maior proporção de primogênitos na população. Este estudo sugere que pode haver importantes implicações na saúde pública para países como a China, onde a política do filho único resultou em uma proporção significativamente maior de primogênitos.

Evidências de outros estudos sugerem crianças e adultos primogênitos são biologicamente diferentes de seus irmãos mais novos.

Cutfield e seus colegas decidiram avaliar se a ordem de nascimento estaria associada a mudanças no metabolismo na infância. O estudo analisou dados de 85 crianças saudáveis com idade de 4 a 11, incluindo 32 primogênitos.

Os dados incluíram medidas de lipídios e perfis hormonais em jejum, peso, altura e composição corporal. As crianças também tiveram a pressão arterial monitorada com um aparelho por 24 horas, e realizaram exames de sangue frequentes para medir a glicose.

Os resultados mostram que os primogênitos tinham uma sensibilidade à insulina 21% inferior e uma pressão de 4 mmHg mais elevada.

Segundo os pesquisadores, eles sugerem que as diferenças na sensibilidade à insulina e na pressão arterial podem ser devidas a alterações que ocorrem no útero durante a primeira gravidez, alterações que aumentam o fluxo de nutrientes para os fetos subsequentes.

"Nossos resultados indicam que primogênitos têm esses fatores de risco, mas são necessárias mais pesquisas para determinar como isso se traduz em adultos com diabetes, hipertensão e outras condições", ressalta Cutfield.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Primogênitos têm maior risco de diabetes e pressão arterial elevada
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Primogênitos têm maior risco de diabetes e pressão arterial elevada


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Primogênitos    diabetes    pressão arterial elevada    hipertensão    Universidade de Auckland    Wayne Cutfield   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.