Saúde Pública
publicado em 08/02/2013 às 19h24:00
   Dê o seu voto:

Os testes foram realizados por um programa de TV da Noruega e pegaram de surpresa a maior cadeia de fast food do mundo

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Site Tv2.no
Reprodução: Site Tv2.no
Imagem mostra reportagem em que foi feita análise de bactérias em mesa e em banheiro de lanchonete Lena Furuberg, especialista em higienização do Instituto Norueguês de Tecnologia
  « Anterior
Próxima »  
Imagem mostra reportagem em que foi feita análise de bactérias em mesa e em banheiro de lanchonete
Lena Furuberg, especialista em higienização do Instituto Norueguês de Tecnologia

" Em seu site, o McDonalds divulga uma receita de 10 bilhões de coroas, mas será que eles estão utilizando este dinheiro para manter os restaurantes limpos?"

A pergunta dá início à matéria divulgada pelo programa de TV norueguês "TV2 graus helper", que afirma que é mais seguro comer nos banheiros dos restaurantes MacDonald's do país do que nas mesas. Os testes mostraram que as mesas dos restaurantes tinham índices de micro-organismos muito superiores ao nível recomendado e maiores do que os medidos nos banheiros.

Para investigar como a empresa mantem a higienização de suas lojas, o programa usou um teste de bioluminescência, através de um medidor de ATP (Adenosina trifosfato),que mostra quantos micro-organismos existem em uma superfície.

O especialista em higienização Instituto Norueguês de Tecnologia, Lena Furuberg, confirmou os resultados dos levantamentos realizados pelo programa. " Parece que eles usam um pano com microporos que está espalhando e não eliminando os micro-organismos. Estes micro-organismos podem carregar bactérias nocivas à saúde."

O Instituto recomenda que as medições de ATP sejam inferiores a 1000. Para as áreas que estão em contato direto com alimentos, estes índices não devem atingir 500.

Os testes foram realizados em 19 superfícies em cinco diferentes restaurantes da cadeia McDonald. Os resultados mostraram que 13 das 19 de superfícies apresentaram valores elevados. Nenhuma das mesas tinha um valor de ATP abaixo de 500. A superfície mais limpa foi a mesa de recepção que apresentou um valor de 3542. Surpreendentemente, os índices mais elevados foram encontrados nas mesas de jantar, afirma a reportagem.

O valor mais alto foi encontrado no MacDonald's da Groenlândia, em Oslo. A primeira mesa investigada apresentou índice de 51.604, chegando a atingir 67.533 em mesas maiores. Já na tampa do vaso sanitário do mesmo restaurante a mediação de ATP chegou a 1350 e na pia a 10.995.

Ainda segundo a reportagem, quando a assessora de comunicação do grupo MacDonald's no país foi confrontada com os dados, disse não estar familiarizada com as medições realizadas. Mesmo assim, Margaret Brusletto teria reconhecido que os valores pareciam muito altos. " Assim como vocês estão apresentando, parece um pouco decepcionante e nós, certamente, vamos tomar providências."

Com informações do TV2 graus helper

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
micro-organismos    MacDonald's    TV2 graus helper    Lena Furuberg    Instituto Norueguês de Tecnologia    Noruega   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.