Geral
publicado em 31/01/2013 às 11h13:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Flagstaffotos
Extrato de cardo de leite mata as células da pele que sofreram mutação por radiação UVA
  « Anterior
Próxima »  
Extrato de cardo de leite mata as células da pele que sofreram mutação por radiação UVA

Pesquisadores da Universidade do Colorado, nos EUA, demonstraram que um extrato retirado da planta ' cardo de leite' protege a pele de danos causados pela radiação UVA e UVB.

Os resultados mostram que o composto silibinin mata as células da pele que sofreram mutação por radiação UVA e protege contra danos causados pela radiação UVB, protegendo assim contra câncer de pele e fotoenvelhecimento.

"Quando você tem uma célula afetada pela radiação UV, ou você quer repará-la ou matá-la para que ela não possa causar câncer. Mostramos que silibinin faz as duas coisas", afirma o pesquisador Rajesh Agarwal.

O primeiro estudo, publicado na revista Photochemistry and Photobiology trabalhou com células da pele humana submetidas à radiação UVA, que compõe cerca de 95% da radiação solar que chega à Terra. Os pesquisadores trataram essas células afetadas com UVA com silibinin. O extrato aumentou a taxa de morte dessas células danificadas.

"Quando você toma células da pele humana e as trata com silibinin, nada acontece. O extrato não é tóxico. No entanto, quando danificamos essas células com radiação UVA, o tratamento com silibinin mata as células", explica Agarwal, removendo assim as células mutantes que podem causar câncer de pele e fotoenvelhecimento.

Especificamente, o estudo mostra que o pré-tratamento com silibinin resultou em maior liberação de espécies reativas de oxigênio (ROS) dentro das células expostas à UVA, levando a maiores taxas de morte celular.

O segundo estudo, publicado na Molecular Carcinogenesis mostra que em vez de matar beneficamente as células danificadas pela radiação UVA, o tratamento com silibinin protege as células da pele de danos pela radiação UVB, que representa cerca de 5% da radiação que atinge a Terra.

Novamente, lembrando a sugestão de Agarwal de que a prevenção de câncer de pele induzido por UV pode ser realizada de duas maneiras: por meio da proteção contra danos no DNA ou matando as células com DNA danificado. Com UVA, silibinin mata; com UVB, protege.

Agarwal e colegas vão continuar a testar a eficácia de silibinin na prevenção e tratamento do câncer em linhagens de células e modelos de ratos, e estão trabalhando para testar o composto em humanos.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Radiação solar    câncer de pele    fotoenvelhecimento    cardo de leite    Silibinin Universidade do Colorado    Rajesh Agarwal   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.