Geral
publicado em 29/01/2013 às 09h00:00
   Dê o seu voto:

Assumir a homossexualidade reduz níveis de estresse e ansiedade

Lésbicas, gays e bissexuais assumidos têm menor incidência de sintomas psiquiátricos do que aqueles que ainda 'estão no armário'

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Anizza/Stock Photo
Pessoas que assumem a homossexualidade têm níveis mais baixos de depressão e esgotamento
  « Anterior
Próxima »  
Pessoas que assumem a homossexualidade têm níveis mais baixos de depressão e esgotamento

Lésbicas, gays e bissexuais (LGB) que assumem sua homossexualidade têm níveis mais baixos de estresse hormonal e menos sintomas de ansiedade, depressão e esgotamento, de acordo com pesquisadores do Louis H. Lafontaine Hospital, afiliado da Universidade de Montreal, nos Canadá.

O cortisol é um hormônio do estresse em nosso corpo. Quando estamos cronicamente tensos, o cortisol contribui para o 'desgaste' de diferentes sistemas biológicos. Tomados em conjunto, esta estirpe é chamada de "carga alostática".

"Nossos objetivos foram determinar se a saúde física e mental de lésbicas, gays e bissexuais difere de heterossexuais e, em caso afirmativo, se 'sair do armário' faz diferença", explica o autor da pesquisa Robert-Paul Juster.

Juster e seus colegas recrutaram 87 homens e mulheres, todos eles em torno de 25 anos de idade com diferentes orientações sexuais. Ao longo de várias visitas, os pesquisadores realizaram questionários psicológicos, recolheram amostras de saliva para medir cortisol ao longo de dois dias, e calcularam índices de carga alostática utilizando resultados de saliva, sangue e amostras de urina. "O estresse crônico e os níveis de cortisol podem exercer uma espécie de efeito dominó sobre sistemas biológicos conectados. Ao olhar para biomarcadores como a insulina, o açúcar, colesterol, pressão arterial, adrenalina, e inflamação juntos, um índice de carga alostática pode ser construído e usado para detectar problemas de saúde antes que eles ocorram", afirmam os pesquisadores.

Segundo Juster, contrariamente às expectativas, homens gays e bissexuais tinham sintomas depressivos e níveis mais baixos de carga alostática do que os homens heterossexuais. Lésbicas, gays, bissexuais que tinham assumido para a família e os amigos tinham níveis mais baixos de sintomas psiquiátricos e níveis mais baixos de cortisol pela manhã do que aqueles que ainda estavam no armário.

O estresse relacionado com o estigma pode forçar LGB a desenvolver estratégias que tornem mais eficaz a gestão de estressores futuros. "Sair do armário é um marco importante na vida de LGB, que não tem sido estudado extensivamente usando abordagens interdisciplinares que avaliam biomarcadores de estresse", afirma o coautor Nathan Smith Grant.

De acordo com a equipe, estas descobertas sublinham o papel que a auto aceitação e revelação têm sobre a saúde e bem-estar positivo de LGB. Por sua vez, isto tem implicações importantes para debates políticos. "Sair do armário só é benéfico para a saúde quando há políticas sociais tolerantes que facilitem o processo de revelação. Intolerância social durante o processo de revelação prejudica a auto aceitação que gera aumento da angústia e contribui para problemas de saúde mental e físico", afirma Juster.

"Assumir a homossexualidade não é mais uma questão de debate popular, mas uma questão de saúde pública. Internacionalmente, as sociedades devem se esforçar para facilitar esta auto aceitação, promovendo a tolerância e dissipando o estigma de todas as minorias", conclui o pesquisador.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Homossexualidade    Lésbicas    Gays    Bissexuais    Estresse    Ansiedade    Universidade de Montreal    Robert-Paul Juster   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Assumir a homossexualidade reduz níveis de estresse e ansiedade
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Assumir a homossexualidade reduz níveis de estresse e ansiedade


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Homossexualidade    lésbicas    gays    bissexuais    estresse    ansiedade    Universidade de Montreal    Robert-Paul Juster   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.