Saúde Pública
publicado em 25/01/2013 às 12h13:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Mauricio Bazilio/SECOM/RJ
Foto: Mauricio Bazilio/SECOM/RJ
Emergência pediátrica do Hospital Getúlio Vargas Filho que está funcionando como um hospital de campanha Cerca de três mil crianças já foram atendidas no local
  « Anterior
Próxima »  
Emergência pediátrica do Hospital Getúlio Vargas Filho que está funcionando como um hospital de campanha
Cerca de três mil crianças já foram atendidas no local

O prefeito de Niterói (RJ), Rodrigo Neves (PT) decretou, nesta quinta-feira (24), estado de emergência na saúde do município, com o objetivo de reverter a crise na rede hospitalar da cidade. Com a decisão, foi criado um gabinete de crise, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com as secretarias de Governo, Conservação e Serviços Públicos, Fazenda, além da Niterói Transportes e Trânsito (NiTrans) e Empresa de Obras Públicas (Emusa). O decreto terá validade de 90 dias, e poderá ser prorrogado pelo mesmo período ou revogado, caso a situação da rede saúde do município melhore.

" O decreto é fruto de um diagnóstico que fizemos esses dias, em que vimos um quadro grave de desassistência à saúde da cidade, com degradação do patrimônio de várias unidades de saúde, graves problemas na área de recursos humanos, falta de equipamentos básicos nas unidades de urgência e emergência. Várias unidades foram fechadas, como as emergências do Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, fechado há um ano e dois meses, e do Hospital Antonio Pedro" , avaliou o secretário municipal de Saúde, Chico D'Ângelo. A assinatura do decreto ocorreu na unidade de emergência Mário Monteiro.

No início de janeiro, a emergência pediátrica do Hospital Getúlio Vargas Filho foi reaberta e está funcionando como um hospital de campanha. Em 20 dias, já foram atendidas cerca de três mil crianças.

" Na unidade Mário Monteiro, o raio-x estava sem funcionar, assim como o elevador. Não havia equipamentos básicos para atender pacientes mais graves, como o respirador, e hoje temos dois aparelhos funcionando. Evidente que isso é um cenário muito específico, mas a situação da rede como um todo estava muito grave. Na emergência do Getulinho, com a ajuda do secretário de estado, Sérgio Côrtes, e do governador nós pudemos atender as crianças que estavam desassistidas" , acrescentou o secretário.

De acordo com o prefeito Rodrigo Neves, o decreto "é uma resposta planejada da prefeitura no sentido de restabelecer a assistência de saúde à população, o abastecimento nas unidades, viabilizar a contratação de profissionais de saúde e recuperar fisicamente as unidades. A saúde de Niterói está na UTI e nosso objetivo é reverter rapidamente essa situação" .

Segundo a prefeitura, nove unidades básicas de saúde serão reformadas, além da requalificação das unidades Policlínica do Largo da Batalha e Mário Monteiro, que vão operar no modelo das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA). Para as ampliações e reformas, está previsto repasse de R$ 20 milhões para a prefeitura e o governo federal.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
estado de emergência    Niterói    Niterói Transportes e Trânsito    NiTrans    Secretaria Municipal de Saúde    Rodrigo Neves   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.