Saúde Pública
publicado em 23/01/2013 às 13h24:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos), da Fiocruz, começa a suprir o Ministério Saúde, em março de 2013, com insulina humana recombinante. A iniciativa, que vai representar uma economia de R$ 300 milhões, em quatro anos, beneficia diretamente 600 mil brasileiros que dependem do produto.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu relatório recomendando a certificação do Indar, laboratório ucraniano, como produtor da insulina humana cuja tecnologia está sendo usada no Brasil.

Há cerca de três anos, uma missão da Ucrânia visitou a Fiocruz procurando estabelecer cooperações científicas e tecnológicas. O acordo previa uma contrapartida do Brasil com os programas de controle de Aids e oferecia, entre outras coisas, a transferência de tecnologia na produção de insulina recombinante desenvolvida e produzida por uma empresa de economia mista com 70% das ações controladas pelo MS da Ucrânia.

De acordo com Eduardo Costa, diretor do Farmanguinhos, " o mercado mundial de insulina está oligopolizado, sendo que uma das indústrias detém de 50 a 60% do mercado e outras duas completam a lista dos grandes produtores mundiais. No Brasil atuam as três, sendo que uma delas só vende para a área privada. As duas que vendem ao MS participaram no passado da destruição da empresa brasileira - Biobrás - que produzia a insulina no Brasil, sendo que uma (Novo Nordisk) a comprou. Isso tem sido feito também em outros países por meio de operações de "dumping" e de outras práticas comerciais monopolistas. Comprada a Biobrás, a Novo Nordisk fez o que se esperava: elevou rapidamente seus preços de fornecimento ao MS e passou a combinar importação e produção local, dependendo de suas vantagens em função dos compromissos internacionais até acabarem fechando a produção dos cristais de insulina no Brasil para aqui fazer só envazamento.

" Um mês após a assinatura do contrato com o Indar, houve nova licitação para aquisição de insulina e, sem que nenhum outro fato justificasse, as duas empresas que fornecem para o governo baixaram seus preços em quase 50% (R$ 17,35 para R$ 9,19, a Novo Nordisk e R$ 9,18 a Lilly). Claro que fomos sondados se valia a pena continuar com o projeto, pois essa era a meta de redução no preço que a Fiocruz objetivava alcançar para o produto. A Presidência e o MS, dada a história anterior com a Biobrás, e também de ter a experiência da reação das multinacionais da indústria farmacêutica, em particular com anti-retrovirais, resolveram manter o projeto. Só nessa licitação a economia foi de mais de R$ 80 milhões," afirma Costa.

Por condições consideradas estratégicas, o Farmanguinhos não suprirá mais do que 50% das compras do Ministério. De acordo com Costa, " a capacidade de produção local será de 600 kg/ano de cristais de insulina, embora não se planeje produzir tanto. Essa quantia permite suprir todo o país em caso de crise de outros produtores, completa.

Com informações da Fiocruz

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Insulina humana recombinante    Farmanguinhos    Fiocruz    Indar    Laboratório ucraniano    Eduardo Costa   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
insulina humana recombinante    Farmanguinhos    Fiocruz    Indar    laboratório ucraniano    Eduardo Costa   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.