Geral
publicado em 20/01/2013 às 10h00:00
   Dê o seu voto:

Autoridade de saúde dos EUA libera uso do Botox para tratar bexiga hiperativa

Tratamento relaxa a bexiga, aumentando a capacidade de armazenamento e reduzindo episódios de incontinência urinária

 
tamanho da letra
A-
A+

A Food and Drug Administration dos EUA (FDA) aprovou o uso do Botox (onabotulinumtoxinA) para tratar adultos com bexiga hiperativa que não podem usar ou não respondem adequadamente a uma classe de medicamentos conhecidos como anticolinérgicos.

Bexiga hiperativa é uma condição na qual a bexiga comprime com muita frequência ou comprime sem aviso. Os sintomas incluem vazamento de urina (incontinência urinária), necessidade súbita e urgente de urinar e micção frequente.

Quando o Botox é injetado no músculo da bexiga, ele faz com que a bexiga relaxe, aumentando a capacidade de armazenamento da bexiga e reduzindo episódios de incontinência urinária. Injeção da bexiga com Botox é realizada utilizando cistoscopia, um procedimento que permite ao médico visualizar o interior da bexiga, enquanto o Botox é injetado.

"Estudos clínicos têm demonstrado a capacidade do Botox para reduzir significativamente a frequência da incontinência urinária. A aprovação de hoje oferece uma opção de tratamento adicional importante para pacientes com bexiga hiperativa, uma condição que afeta uma estimativa de 33 milhões de homens e mulheres nos Estados Unidos", afirma Hylton V. Joffe, da FDA.

A segurança e eficácia do Botox para esta nova indicação foram estabelecidas em dois ensaios clínicos de 1.105 pacientes com sintomas de bexiga hiperativa. Os pacientes foram aleatoriamente designados para receber injeções de 100 unidades de Botox (20 injeções de 5 unidades cada) ou placebo.

Resultados após 12 semanas mostraram que os pacientes com incontinência urinária tratados com Botox experimentaram uma média de 1,6 a 1,9 vezes menos sintomas por dia do que os doentes tratados com placebo.

O tratamento com Botox pode ser repetido quando os benefícios do tratamento anterior diminuírem, mas não deve ser de pelo menos 12 semanas entre tratamentos.

Efeitos colaterais mais comuns relatados durante os estudos clínicos incluíram infecções do trato urinário, dor ao urinar e esvaziamento incompleto da bexiga (retenção urinária).

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Autoridade de saúde dos EUA libera uso do Botox para tratar bexiga hiperativa
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Autoridade de saúde dos EUA libera uso do Botox para tratar bexiga hiperativa


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Botox    bexiga hiperativa    Food and Drug Administration dos EUA    incontinência urinária    FDA    Hylton V. Joffe   
Comentários:
Comentar
cirineu balbino de araujo junior
postado em:
20/01/2013 18:05:10
Boa tarde. Sou enfermeiro há mais de dez anos e trabalho com um pcte que é cadeirante a quatro anos e faz uso de botox na bexiga todo ano no hc pelo Dr.Cristiano Mendes, como sou mt curioso sempre pergunto deste tratamento em relação a sua patogenicidade e a resposta é sempre a mesma melhora 95% do que quando não o faz.....devidoa perda de urina o botox facilita a sua vida e ajuda muito.....Obrigado pelo tempo que dispensou comigo e que Deus o abençõe sempre nessa jornada de sempre incentivar o uso de botox para casos expecíficos.....e continue nessa pesquisa.....tudo de bom. Atenciosamente Enf. Cirineu.
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.