Geral
publicado em 10/01/2013 às 09h53:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas do Paul-Ehrlich-Institut (PEI), na Alemanha, modificaram o vírus do sarampo para combater células-tronco cancerígenas.

Em testes com animais, a abordagem foi capaz de eliminar completamente focos múltiplos de tumores.

A pesquisa foi publicada na revista Cancer Research.

Os tumores não consistem de populações de células homogêneas, mas contém células cancerosas estaminais que respondem fracamente à quimioterapia e à radioterapia e são consideradas responsáveis por tumores metastáticos. Os cientistas, portanto, aumentaram seus esforços para encontrar formas de identificar e eliminar essas células iniciantes de tumores.

A proteína de superfície das células CD133 é geralmente classificada como um marcador característico das células estaminais cancerosas.

Os pesquisadores, liderados por Christian Buchholz, modificaram um vírus do sarampo atenuado e, portanto, inofensivo para atacar seletivamente as células-tronco do câncer. O vírus modificado requer a proteína CD133 como receptora para entrar na célula.

Os cientistas foram capazes de provar que o vírus modificado infecta apenas as células tumorais positivas para CD133, mesmo quando estas são cultivadas em estreito contato com células CD133 negativas.

Buchholz e seus colegas testaram o efeito antitumoral do vírus utilizando modelos de ratos com glioma, câncer de cólon e câncer de fígado. O vírus modificado mostrou atividade antitumoral significativa em todos os modelos animais testados. O crescimento do tumor foi reduzido ou mesmo completamente suprimido.

Os cientistas compararam a eficácia do vírus oncolítico de sarampo modificado com a de um vírus oncolítico do sarampo atualmente investigado em estudos clínicos, que não apresenta qualquer especificidade para subtipos de células tumorais. "Ficamos surpreendidos que o vírus específico para CD133 mostraram uma atividade antitumoral, que foi pelo menos tão boa quanto a do vírus padrão. No modelo de câncer de fígado, a atividade antitumoral foi claramente superior e resultou na remissão do tumor", observa r Buchholz.

A equipe espera, agora, descobrir por que o vírus do sarampo modificado por eles foi mais eficaz na luta contra os tumores do que os convencionais vírus oncolíticos que deveriam atacar todos os subtipos de células tumorais.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Vírus do sarampo    células-tronco do câncer    vírus oncolítico    Paul-Ehrlich-Institut    Christian Buchholz   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.