Saúde Pública
publicado em 03/01/2013 às 09h49:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas espanhóis desenvolveram uma nova vacina terapêutica que reduz em 90% a carga do vírus HIV no organismo e impede sua replicação, temporariamente.

A abordagem representa um avanço no controle da doença sem depender dos fármacos antirretrovirais usados nos dias de hoje.

A terapia antirretroviral (TARc) é um sucesso da medicina moderna, que melhora significativamente a sobrevivência e a qualidade de vida dos pacientes com HIV. No entanto, ela têm desvantagens claras, como o potencial de toxicidade a longo prazo e o alto custo econômico.

O trabalho foi descrito na revista Science Translational Medicine.

A equipe, liderada por Felipe García, pulsou as células dendríticas (DCs) do próprio paciente com HIV autólogo inativado pelo calor e, em seguida, usou estas células como vacina, obtendo a melhor resposta virológica alcançada por qualquer vacina terapêutica testada até à data.

DCs são as células responsáveis por ' engolir' um microrganismo quando ele invade o corpo e o divide em pequenos fragmentos. Alguns destes fragmentos são apresentados na membrana de DCs. Durante este processo DCs amadurecem e migram para os linfonodos. Ali, eles se unem a CD4 + linfócitos (um tipo especial de células brancas do sangue) e apresentam os fragmentos do microrganismo fagocitado. As células CD4 percebem, então, que o corpo foi invadido por um agente externo e iniciar uma resposta imunológica específica contra este intruso particular.

O problema, no caso particular da infecção por HIV, é que DCs também podem transportar o vírus viável à infecção ligado à sua membrana externa. Assim, as células CD4 + podem ser infectadas e morrer em vez de se desenvolver uma resposta imune.

Essa é a razão pela qual a vacina terapêutica usar DCs autólogos com HIV inativado por calor, de modo que DCs podem transmitir a mensagem de forma adequada, sem causar uma infecção das células CD4 +.

A equipe testou a vacina em 36 pacientes que foram separados para receber três imunizações com DCs pulsadas ou DCs não pulsadas. A vacinação se mostrou viável, segura e bem tolerada e mudou o equilíbrio vírus / hospedeiro em favor do hospedeiro. Nas semanas 12 e 24 após a vacina, uma redução de 90% da carga viral foi observada nos pacientes.

A maioria dos receptores da vacina foi capaz de controlar a replicação viral temporariamente. Esta reação é semelhante à resposta a medicamentos antirretrovirais, quando eles são utilizados em monoterapia. É a mais forte prova de conceito na literatura científica de que uma vacina terapêutica é viável.

A vacina desenvolvida no Hospital Clínic é a que conseguiu obter uma melhor resposta virológica até o momento, mas só alcança o controle do vírus durante um máximo de 12 meses. A equipe planeja, nos próximos quatro anos, combiná-la com outras estratégias para aumentar o tempo de ação.

hclinic
New HIV therapeutic vaccine candidate

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Vacina terapêutica    AIDS    Vírus HIV    Felipe García    Hospital Clínic   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Vacina terapêutica    AIDS    vírus HIV    Felipe García    Hospital Clínic   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.