Profissão Saúde
publicado em 02/01/2013 às 18h14:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Guilherme Lara Campos/Governo de São Paulo
Governador Geraldo Alckmin sancionou lei que institui o plano de carreira dos médicos do Estado de São Paulo.
  « Anterior
Próxima »  
Governador Geraldo Alckmin sancionou lei que institui o plano de carreira dos médicos do Estado de São Paulo.

A lei que determina o novo plano de carreira dos médicos da rede pública estadual de São Paulo foi sancionada hoje (2), pelo governador Geraldo Alckmin, estabelecendo a ampliação das faixas salariais e com três classificações: Médico I, II e III, estimulando os profissionais por meritocracia.

O valor da remuneração de até R$ 14,7 mil será para o profissional de classe III, com dedicação integral, carga horária semanal de 40 horas e que receba o teto do Prêmio de Produtividade Médica, além de outras gratificações. Os médicos da classe III receberão, com teto de produtividade, até R$ 7,5 mil por jornada de 24 horas semanais, R$ 6,3 mil por 20 horas semanais e R$ 3,8 mil por jornada reduzida de 12 horas semanais.

A categoria de 40 horas semanais foi criada com o objetivo de fixar os médicos nas unidades de saúde. O secretário de Saúde, Giovanni Guido Cerri, destacou a importância do plano. " Esta é uma mudança importantíssima, pois não se faz uma boa saúde sem médicos na rede" .

Os médicos da classe II vão receber, pelo teto da produtividade, até R$ 14,3 mil por jornada de 40 horas semanais, R$ 7,3 mil para 24 horas semanais, R$ 6,1 mil para 20 horas e R$ 3,7 mil por jornada reduzida de 12 horas semanais.

Já os profissionais da classe I vão receber até R$ 13,9 mil por jornada de 40 horas semanais, R$ 7,2 mil para 24 horas, R$ 6 mil para 20 horas e R$ 3,6 mil para jornada reduzida de 12 horas semanais. Os profissionais com cargos de chefia, como diretores, supervisores e encarregados, receberão remuneração diferenciada.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Médicos    Rede estadual    Faixa salarial    Plano de carreira    Meritocracia    Dedicação integral    São paulo    Teto    Produtividade   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
médicos    rede estadual    faixa salarial    plano de carreira    meritocracia    dedicação integral    são paulo    teto    produtividade   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.