Geral
publicado em 02/01/2013 às 17h45:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: University of Washington
Bebês começam a aprender a língua nativa enquanto ainda estão no útero da mãe.
  « Anterior
Próxima »  
Bebês começam a aprender a língua nativa enquanto ainda estão no útero da mãe.

Bebês começam a aprender a língua nativa enquanto ainda estão no útero da mãe, mais cedo do que se pensava anteriormente. É o que revela estudo de pesquisadores da Pacific Lutheran University, nos EUA.

O estudo indica que bebês com apenas algumas horas de idade já são capazes de diferenciar os sons de sua língua nativa e de uma língua estrangeira.

Mecanismos sensoriais e cerebrais para audição são desenvolvidos na 30ª semana de gravidez. O novo estudo mostra que os bebês ainda não nascidos ouvem as conversas das mães durante as últimas 10 semanas de gravidez e no nascimento podem demonstrar o que ouvem.

Anteriormente, os pesquisadores mostraram que os bebês nascem prontos para aprender e começar a discriminar entre os sons de linguagem nos primeiros meses de vida, mas não havia nenhuma evidência de que a aprendizagem de línguas ocorria ainda no útero.

"Este é o primeiro estudo que mostra que fetos aprendem, antes do nascimento, sons da fala específicos da linguagem da mãe. Este estudo move o resultado mensurável da experiência com os sons da fala de seis meses de idade para antes do nascimento", afirma a autora Christine Moon.

O estudo

Quarenta crianças, com cerca de 30 horas de idade foram avaliadas pelos pesquisadores nos EUA e na Suécia. Enquanto ainda no berçário, os bebês ouviram sons de vogais em sua língua nativa e em línguas estrangeiras.

O interesse dos bebês nos sons foi capturado por quanto tempo eles chupavam uma chupeta que estava ligada a um computador que mediu a reação dos bebês aos sons. A sucção mais longo ou mais curta para sons estranhos ou familiares é uma evidência para a aprendizagem, pois indica que os bebês podem diferenciar entre os sons ouvidos no útero.

Em ambos os países, os bebês sugaram mais tempo para a língua estrangeira do que para a língua nativa.

Segundo os pesquisadores, descobrir como as crianças absorvem informação poderia fornecer informações sobre a aprendizagem ao longo da vida.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Língua nativa    Recém-nascidos    Aprendizagem    Pacific Lutheran University    Christine Moon   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Língua nativa    recém-nascidos    aprendizagem    Pacific Lutheran University    Christine Moon   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.