Geral
publicado em 27/12/2012 às 08h28:00
   Dê o seu voto:

Marcadores genéticos recém-descobertos podem personalizar tratamento da leucemia

Estudo indica que marcadores poderiam melhorar classificação de grupos de risco e prever toxicidade das terapias

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Elhuyar Fundazioa
Elixabet López, autora do estudo
  « Anterior
Próxima »  
Elixabet López, autora do estudo

Cientistas da University of Basque Country, na Espanha, descobriram novos marcadores genéticos que podem permitir personalizar o tratamento da leucemia linfoblástica aguda, o câncer mais comum em idade pediátrica.

O estudo indica que os marcadores poderiam melhorar a classificação de grupos de risco e prever a toxicidade do tratamento para o paciente.

A sobrevivência ao longo das últimas décadas tem aumentado de 10% para 80%. Esta melhoria foi obtida utilizando terapias combinadas e separando os pacientes em grupos de risco. Por exemplo, o tratamento mais forte é usado nos grupos em que uma pior resposta é esperada. Dessa forma, a probabilidade de sobrevivência nos grupos com um prognóstico pior é aumentada, enquanto que a toxicidade da quimioterapia em pacientes com melhor prognóstico é reduzida.

No entanto, a classificação de grupos de risco, que hoje em dia é realizada por meio de marcadores clínicos, como o número de linfócitos ou a idade do paciente, e alguns marcadores genéticos, não é totalmente exata. Por exemplo, alguns dos pacientes inicialmente considerados como de menor risco não respondem bem ao tratamento e a terapia tem que ser alterada para de maior risco.

Por outro lado, crianças com leucemia linfoblástica aguda recebem doses muito fortes da quimioterapia, e problemas de toxicidade, que podem ser muito graves, muitas vezes ocorrem. Atualmente, não existe nenhum marcador de toxicidade que é usado de uma forma padrão.

Novos marcadores

Para encontrar novos marcadores de risco, a equipe procurou deleções e duplicações em todo o genoma de células tumorais. Eles selecionaram os que eram recorrentes e os que eram exclusivos a um grupo de risco. "Nós encontramos um marcador de risco que aparece apenas em pacientes de baixo risco e outro presente apenas em pacientes de alto risco, que poderiam complementar os que já estão sendo utilizados. E mais 5 marcadores que aparecem em pacientes que foram alterados de baixo risco para alto risco", explica a autora da pesquisa Elixabet López.

A equipe também encontrou vários marcadores de toxicidade, utilizando o metotrexato, um dos medicamentos mais importantes que podem causar toxicidade, como por exemplo, algumas variantes do gene transportador de metotrexato e outras variantes relacionadas com microRNAs que regulam os genes.

O próximo objetivo de López é estudar como as variações genéticas encontradas afetam a expressão de genes e ver exatamente por que essas variações estão regulando toxicidade ou resposta ao tratamento. Além disso, para validar os marcadores, a equipe está planejando ensaios clínicos. "Nós encontramos essas associações em nossa população, mas um ensaio clínico seria necessário para ver se eles realmente são bons marcadores e se, na realidade, a sobrevivência e toxicidade são melhores quando estes marcadores são utilizados", conclui López.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Leucemia    Marcadores genéticos    Toxicidade    University of Basque Country    Elixabet López   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Marcadores genéticos recém-descobertos podem personalizar tratamento da leucemia
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Marcadores genéticos recém-descobertos podem personalizar tratamento da leucemia


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Leucemia    marcadores genéticos    toxicidade    University of Basque Country    Elixabet López   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.