Saúde Pública
publicado em 18/12/2012 às 20h53:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

O estado de Roraima registrou este mês uma redução de mais de 51% de casos de malária comparado ao ano de 2011. Até o momento, foram 7.058. Em 2011, foram 14.454. Segundo informações do Sistema de Informações de Vigilância Epidemiológica (Sivep), da Secretaria Estadual de Saúde , mais de 33% dos casos estão concentrados em cinco municípios, isto é, 2.364. Cantá é a localidade com maior incidência, 606. Os demais estão em Caracaraí (456), Mucajaí (413), Rorainópolis (452) e São João da Baliza (437).

O gerente estadual do Núcleo de Controle da Malária, Jonas Monteiro, destaca que os atuais números estão muito abaixo dos casos registrados nos últimos anos. Para obter este resultado, o estado intensificou as ações de prevenção com realização de diagnóstico, entrega de medicamentos, borrifações e investimentos em capacitações. Em 2011, por exemplo, foram 14.454 casos. Houve redução significativa quando comparado a 2010, com 21.206. A queda foi equivalente a 32%. " Manter a redução é nossa meta" , afirmou. Monteiro recomenda que a população contribuía com os trabalhos dos agentes, permitindo que eles façam as borrifações nas residências.

Além disso, os moradores de localidades consideradas de risco devem tomar alguns cuidados, entre eles, evitar tomar banho em igarapés e cacimbas depois das 18 horas e sempre utilizar mosquiteiros.

Monteiro lembra que o Ministério da Saúde (MS) oferece toda a medicação necessária para o tratamento da doença. Os exames podem ser realizados em qualquer unidade de saúde da Capital e interior. Quem apresentar sintomas da doença como febre, calafrios e dor no corpo, deve procurar atendimento médico na unidade de saúde mais próxima.

Se não for tratada, a malária pode evoluir rapidamente para a forma grave e levar a óbito. Água limpa, sombreada e parada são os criadouros preferenciais do mosquito transmissor da malária. Dor de cabeça, no corpo, fraqueza, febre alta e calafrios são os sintomas mais comuns da doença.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Malária    Roraima    Prevenção    Redução    Epidemiologia    Controle    Borrifações    Febre    Calafrios.    óbito   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
malária    roraima    prevenção    redução    epidemiologia    controle    borrifações    febre    calafrios.    óbito   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.