Geral
publicado em 15/12/2012 às 09h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Michigan State University, nos EUA, descobriram que o bloqueio de uma substância química no cérebro chamada glutamato pode prevenir suicídios.

A pesquisa sugere que o glutamato está associado ao comportamento suicida e oferece nova esperança para os esforços de prevenção da condição.

O glutamato é um aminoácido que envia sinais entre as células nervosas e tem sido um suspeito na busca de causas químicas de depressão.

"Os resultados são importantes porque mostram um mecanismo da doença em pacientes. Estudos focaram outro neurotransmissor chamado serotonina por cerca de 40 anos. A conclusão do nosso trabalho é que temos de transformar o foco da nossa pesquisa para o glutamato" afirma a líder da pesquisa Lena Brundin.

O trabalho foi publicado na revista Neuropsychopharmacology.

Brundin e seus colegas examinaram a atividade do glutamato medindo o ácido quinilínico (AQ), que aciona um interruptor químico que faz com que o glutamato envie sinais para as células mais próximas, no líquido espinal de 100 pacientes na Suécia.

Cerca de dois terços dos participantes foram internados depois de tentar o suicídio e o resto eram saudáveis.

Eles descobriram que pessoas que tentaram suicídio tinham mais do dobro de ácido quinolínico no seu fluido espinhal do que as pessoas saudáveis, o que indica um aumento da sinalização de glutamato entre as células nervosas. Aqueles que relataram maior desejo de se matar também tiveram os mais altos níveis do ácido.

Os resultados também mostraram diminuição dos níveis de ácido quinolínico entre um subgrupo de pacientes que voltaram seis meses depois, quando não apresentavam mais comportamento suicida.

Segundo Brundin, drogas anti-glutamato ainda estão em desenvolvimento, mas em breve poderão ser ferramenta promissora para prevenir o suicídio. De facto, estudos clínicos recentes demonstraram que o anestésico cetamina, que inibe a sinalização do glutamato, é extremamente eficaz na luta contra a depressão.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Suicídio    Comportamento suicida    Glutamato    Michigan State University    Lena Brundin   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Suicídio    comportamento suicida    glutamato    Michigan State University    Lena Brundin   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.