Geral
publicado em 12/12/2012 às 13h25:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas da Universidade de Alberta, no Canadá, descobriram que mulheres que fumam pouco, incluindo aquelas que fumam um cigarro por dia, têm duas vezes mais risco de sofrer um ataque cardíaco fatal.

Os resultados indicam que o risco é ainda maior para fumantes de longo prazo, mas que a ameaça pode ser revertida dentro de cinco anos se as mulheres abandonarem o vício.

"A morte súbita cardíaca é muitas vezes o primeiro sinal de doença cardíaca entre as mulheres, por isso as mudanças de estilo de vida que reduzem o risco são particularmente importantes. Nosso estudo mostra que o tabagismo é um importante fator de risco modificável para essa condição entre todas as mulheres. Parar de fumar antes de doença cardíaca se desenvolver é fundamental", afirma Roopinder Sandhu, que liderou a pesquisa.

Os pesquisadores examinaram a taxa de morte súbita cardíaca, incluindo ataque cardíaco e arritmias, entre mais de 101 mil mulheres saudáveis. Eles incluíram registros que datam de 1980, com 30 anos de acompanhamento de participantes que tinham idade entre 30 a 55 anos no início do estudo.

Durante o estudo, 351 mulheres morreram de morte súbita cardíaca. Os resultados mostraram que até mesmo fumantes leves a moderadas, de um a 14 cigarros por dia, tiveram quase duas vezes mais risco de morte súbita cardíaca em comparação com não fumantes.

Mulheres sem história de doença cardíaca, câncer, ou derrame que fumavam tinham quase duas vezes e meia o risco de morte cardíaca em comparação com mulheres saudáveis que nunca fumaram.

Para cada cinco anos de tabagismo continuado, o risco aumentou em 8%. Mas na ausência de doença cardíaca, houve uma redução imediata no risco de morte cardíaca súbita quando as mulheres largaram o vício.

"Esta pesquisa mostra que fumar apenas alguns cigarros por dia pode afetar muito a saúde no futuro. Se você está pensando em parar e precisa de um empurrãozinho, esta pesquisa acrescenta evidências de que parar de fumar é a melhor coisa que você pode fazer pela saúde do seu coração", afirma Ellen Mason, da British Heart Foundation.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Fumo    Tabagismo    Ataque cardíaco fatal    Universidade de Alberta    Roopinder Sandhu   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Fumo    tabagismo    ataque cardíaco fatal    Universidade de Alberta    Roopinder Sandhu   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.