Foto Saúde
publicado em 07/12/2012 às 16h42:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: SECOM/RJ
Foto: SECOM/RJ
Ação realizou 262 exames. Objetivo foi estimular o diagnóstico e tratamento precoce da Aids Mutirão de testagem rápida de Aids promovido pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro(SES)
  « Anterior
Próxima »  
Ação realizou 262 exames. Objetivo foi estimular o diagnóstico e tratamento precoce da Aids
Mutirão de testagem rápida de Aids promovido pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro(SES)

O mutirão de testagem rápida de Aids realizou 262 exames nesta quinta-feira (6). A ação continua nesta sexta-feira, das 9h às 17h, na Cinelândia, no centro do Rio. O teste é gratuito e o resultado sai na hora.

O objetivo da Secretaria Estadual de Saúde (SES) é estimular o diagnóstico e tratamento precoce da Aids. Este é o foco da edição 2012 da campanha Fique Sabendo, realizada anualmente pelo Ministério da Saúde (MS) para marcar o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, em 1º de dezembro. De acordo com dados do MS, existem cerca de 530 mil pessoas convivendo com o vírus do HIV hoje no Brasil.

Segundo o superintendente de Vigilância Epidemiológica da SES, Alexandre Chieppe, o objetivo é "estimular o diagnóstico precoce e, consequentemente, o tratamento precoce como um caminho para se evitar as formas graves da doença, além de conscientizar sobre a importância de manter os cuidados preventivos como o uso de preservativo e agulhas descartáveis", explica.

Testagem rápida

A realização do teste rápido demora cerca de 30 minutos. Primeiro, a pessoa passa por uma conversa com profissionais de saúde, que informam sobre o teste e sobre as doenças sexualmente transmissíveis. Em seguida, é realizada coleta de material para a realização do exame. Quando o resultado é positivo, a pessoa é encaminhada para o serviço especializado. Todo o procedimento é realizado por profissionais de saúde sob coordenação da Gerência de DST / Aids, Sangue e Hemoderivados da SES.

Mais de 90 mil casos de Aids

Entre 1982 e 2012, foram notificados 90.461 casos de Aids no estado. Em 2011, o estado do Rio de Janeiro apresentou taxa de 32 casos por 100.000 habitantes.

Entre os anos de 1984 e 2006, a mortalidade por Aids apresentou tendência de queda, saindo de 11,4 óbitos por 100 mil habitantes para 9,9 óbitos por 100 mil habitantes. A partir de 2007 houve ligeira tendência de aumento, chegando a 10 óbitos por 100 mil habitantes naquele ano. Em 2009 foram registrados 11 óbitos por 100 mil habitantes.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Teste rápido    Aids    HIV    Mutirão    Rio de Janeiro    Cinelândia    Secretaria Estadual de Saúde    SES   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
teste rápido    Aids    HIV    mutirão    Rio de Janeiro    Cinelândia    Secretaria Estadual de Saúde    SES   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.