Geral
publicado em 07/12/2012 às 17h30:00
   Dê o seu voto:

Ferramenta permite classificar melhor subtipos dos tumores e adequar mais precisamente o tratamento a cada paciente

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: San Antonio Breast Cancer Symposium (SABCS)
Microarray sendo preparado para testar subtipos de câncer de mama.
  « Anterior
Próxima »  
Microarray sendo preparado para testar subtipos de câncer de mama.

Novos testes genômicos podem melhorar a capacidade dos médicos para diagnosticar o câncer de mama, de acordo com pesquisadores do Fox Chase Cancer Center, nos EUA.

O estudo revela que os testes comercialmente disponíveis permitem classificar corretamente os tumores de câncer de mama, o que vai permitir aos médicos adequar mais precisamente o tratamento de cada paciente.

Os testes genômicos utilizam o perfil genômico do tumor do paciente e outras informações para individualizar o tratamento com o objetivo de alcançar melhores resultados clínicos. Estes testes examinam o tecido tumoral e a atividade de grupos de genes dentro do tumor, para fornecer uma visão mais abrangente do câncer e opções de tratamento.

"Temos agora uma melhor ferramenta para determinar quais os pacientes não precisam se submeter a tratamentos como a quimioterapia, quando esse tratamento seria caro e não seria útil para aquele caso em particular", afirma o líder do estudo Massimo Cristofanilli.

Os riscos da quimioterapia incluem efeitos colaterais imediatos, desconforto e danos de longo prazo, incluindo um possível novo câncer. Vários estudos concluíram que a quimioterapia não fornece nenhum benefício real para os pacientes com câncer de mama muitos por causa de seus subtipos da doença e do baixo risco de recorrência.

"Estas descobertas contribuem para o entendimento de como o câncer cresce e como que o crescimento pode ser interrompido, e os resultados vão nos ajudar a tratar mais pacientes com mais sucesso", ressalta o oncologista Stefan Gluck.

Com os novos testes genômicos, os médicos serão capazes também de empregar mais precisamente os tratamentos sofisticados que foram desenvolvidos para o câncer de mama.

O estudo

Tumores de câncer de mama têm sido tradicionalmente classificados usando a chamada imunoquímica (IHC) e hibridização fluorescente in situ (FISH).

Os pesquisadores compararam a precisão de IHC e os resultados de FISH com dois testes genômicos (MammaPrint ® e BluePrint ?)

Eles analisaram retrospectivamente 208 amostras de tumores de pacientes com câncer de mama cuja idade, sobrevivência e tempo de diagnóstico eram conhecidos. A média de acompanhamento foi de 11,3 anos.

O estudo comparou a precisão dos exames no momento em que cada paciente tinha sido diagnosticado.

Os investigadores concluíram que os testes genômicos forneceram um método mais preciso para a determinação do subtipo de doença de um paciente, o que ajuda a determinar o risco de recorrência da doença e identificar a terapia adjuvante mais apropriada. "Esta informação pode ajudar os médicos a determinar quem são os melhores candidatos são para a terapia neoadjuvante. A quimioterapia neoadjuvante é algumas vezes usada para encolher um tumor, antes da sua remoção através de cirurgia. O estudo também pode ajudar cirurgiões de mama a informar melhor seus pacientes sobre qual o tipo de tumor eles têm e como eles podem agir para sobreviver melhor ao tratamento", concluem os pesquisadores.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Testes genômicos    câncer de mama    subtipos do câncer de mama    Fox Chase Cancer Center    Massimo Cristofanilli   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.