Geral
publicado em 07/12/2012 às 13h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Johns Hopkins Medicine, nos EUA, implantaram, pela primeira vez, um marca-passo no cérebro de um paciente norte-americano com Alzheimer em fase inicial.

O experimento é parte de um estudo que visa aumentar a capacidade de memória e reverter o declínio cognitivo.

Em vez de se concentrar em tratamentos com drogas, muitas das quais falharam em ensaios clínicos recentes, a pesquisa enfoca o uso das cargas elétricas de baixa tensão entregues diretamente ao cérebro para reduzir a devastação da doença.

Como parte de um estudo preliminar de segurança em 2010, os dispositivos foram implantados em seis pacientes com doença de Alzheimer no Canadá. Os pesquisadores descobriram que as pessoas com formas leves da doença mostraram aumentos sustentados no metabolismo da glicose, um indicador da atividade neuronal, ao longo de um período de 13 meses. A maioria dos pacientes com doença de Alzheimer apresentam diminuições no metabolismo da glucose ao longo do mesmo período.

O primeiro paciente norte-americano recebeu o dispositivo em novembro no Hospital Johns Hopkins, e um segundo paciente está previsto para dezembro.

"Falhas recentes em ensaios da doença de Alzheimer usando drogas, como as destinadas a reduzir o acúmulo de placas de beta amiloide no cérebro aguçaram a necessidade de estratégias alternativas. Esta é uma abordagem muito diferente, em que tentamos melhorar a função do cérebro mecanicamente", afirma o pesquisador Paul B. Rosenberg.

Enquanto experimental para pacientes com Alzheimer, mais de 80 mil pessoas com a Parkinson já foram submetidas ao procedimento nos últimos 15 anos. Outros pesquisadores estão testando a estimulação profunda do cérebro para controlar a depressão e transtorno obsessivo-compulsivo resistente a outras terapias.

Cerca de 40 pacientes deverão receber o implante de estimulação profunda do cérebro durante o próximo ano.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Marca-passo    Alzheimer    Estimulação cerebral    Johns Hopkins Medicine    Paul B. Rosenberg   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Marca-passo    Alzheimer    estimulação cerebral    Johns Hopkins Medicine    Paul B. Rosenberg   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.