Geral
publicado em 02/12/2012 às 11h40:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Université Libre de Bruxelles
Cédric Blanpain, líder da pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Cédric Blanpain, líder da pesquisa

Pesquisadores da Université libre de Bruxelles, na Bélgica, identificaram os mecanismos moleculares que levam ao desenvolvimento inicial de um tipo comum de câncer de pele, o carcinoma basocelular.

A pesquisa tem potencial para permitir a identificação de novas vias para tratar ou prevenir a ocorrência desse câncer em humanos.

O carcinoma basocelular (CBC) é o câncer mais frequente em seres humanos, com mais de milhões de novos pacientes diagnosticados a cada ano.

O líder da pesquisa, Cédric Blanpain e seus colegas dissecaram, pela primeira vez, as alterações moleculares que ocorrem no início do carcinoma de células basais. As células a partir da primeira mutação oncogênica até o desenvolvimento do câncer invasivo.

A pesquisa mostrou que as células que estão envolvidas na origem do carcinoma basocelular foram progressivamente reprogramadas em células embrionárias progenitoras do folículo piloso antes de progredir para carcinoma invasivo. "Ficamos extremamente surpresos ao ver que as células tumorais iniciais foram progressivamente e profundamente reprogramadas em uma identidade molecular que se assemelha a células progenitoras apresentadas durante o desenvolvimento embrionário", afirma o pesquisador Khalil Kass Youssef.

De acordo com os pesquisadores, o novo trabalho vai ser extremamente importante para os investigadores que estudam o câncer, o desenvolvimento e a biologia das células estaminais. "Estou particularmente animado com este trabalho, porque essa pesquisa básica pode vir a ser muito relevante para as doenças humanas, com a identificação de vias potencialmente novas para tratar ou prevenir a ocorrência do câncer mais comum em humanos", conclui Blanpain.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de pele    carcinoma basocelular    mecanismos moleculares    Université libre de Bruxelles    Cédric Blanpain   
Comentários:
Comentar
Glaucia
postado em:
02/12/2012 23:39:13
Que legal esse estudo!Eu tenho carcinoma basocelular, já retirei várias pintas e todas elas com carcinoma baso.
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.