Geral
publicado em 30/11/2012 às 08h10:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriram uma forma paciente-amigável e eficiente para criar células-tronco a partir do sangue.

A pesquisa aumenta a esperança de que os cientistas podem um dia usar células-tronco feitas a partir de células dos próprios pacientes para tratar muitas doenças, como problemas cardiovasculares.

O trabalho foi publicado na revista Stem Cells: Translational Medicine.

A equipe descobriu um caminho para obter as células que precisam para criar células-tronco pluripotentes induzidas (iPS) a partir de uma amostra de sangue de rotina.

Anteriormente os cientistas tinham tentado encontrar um tipo apropriado de células no sangue que pode ser transformada em uma célula-tronco, e muitas vezes eles fazem células iPS a partir da pele ou de outros tecidos, o que pode exigir um procedimento cirúrgico, como uma biópsia.

A líder da pesquisa Amer Rana e seus colegas cultivaram células do sangue em laboratório e isolaram as chamadas células progenitoras endoteliais (L-EPCs) para se transformarem em células iPS.

As células iPS podem então ser transformado em qualquer outra célula no corpo, incluindo as células dos vasos sanguíneos e células do coração, usando coquetéis diferentes de produtos químicos.

"Estamos entusiasmados por ter desenvolvido um método prático e eficiente para criar células-tronco a partir de um tipo de célula encontrada no sangue. Biópsias de tecidos são indesejáveis, especialmente para crianças e idosos, enquanto o recolhimento de amostras de sangue é rotina para todos os pacientes", afirma Rana.

Segundo os pesquisadores, é possível congelar e armazenar as células do sangue, e em seguida convertê-las em células iPS, em uma fase posterior, em vez de ter de transformá-las logo que elas são obtidas, como é o caso de outros tipos de células utilizadas anteriormente. Eles acreditam que isso terá valor prático enorme e vai prolongar seu uso.

"As células iPS oferecem um grande potencial, tanto para o estudo quanto tratamento futuro de doenças cardiovasculares. Como as células iPS são feitas a partir de tecido do próprio paciente, elas podem ser usadas para estudar as doenças e um dia reparar o tecido danificado sem serem atacadas pelo sistema imune do corpo", afirma Shannon Amoils, da British Heart Foundation.

"Ser capaz de produzir de forma eficiente as células iPS usando células de uma amostra de sangue, será mais fácil para os pesquisadores essa tecnologia para empurrar para a frente. Mas há ainda muitas barreiras para ultrapassar antes deste tipo de técnica poderia ser usada para tratar doentes. "

De acordo com os investigadores, ser capaz de produzir células iPS a partir de uma fonte de fácil obtenção, como o sangue, deve continuar a apoiar a rápida evolução neste campo e melhorar a aplicação desta tecnologia para a luta contra a doença humana.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Célula-tronco    amostra de sangue    células-tronco pluripotentes induzidas    Universidade de Cambridge    Amer Rana   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.