Geral
publicado em 28/11/2012 às 11h20:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Johannes Gutenberg Universität Mainz
Professor Christof Niehrs, líder da pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Professor Christof Niehrs, líder da pesquisa

Cientistas da Johannes Gutenberg University Mainz, na Alemanha, identificaram uma proteína essencial para o início do desenvolvimento de órgãos sexuais masculinos.

A pesquisa revela uma nova cascata de sinalização que atua no início do desenvolvimento para determinar as gônadas em machos e lança luz sobre a rede genética que controla como os embriões se desenvolvem em machos ou fêmeas.

A equipe, liderada por Christof Niehrs descobriu que a deleção do gene Gadd45g resulta em camundongos machos com genitália externa que são indistinguíveis das de camundongos fêmeas.

Além disso, os órgãos internos de reprodução dos ratos mutantes do sexo masculino são semelhantes aos das fêmeas, o que indica a ocorrência de inversão sexual completa.

"Ao produzir ratos com mutações em Gadd45g, ficamos intrigados por que vimos apenas fêmeas, até que descobrimos que algumas dessas fêmeas, na verdade, carregavam um cromossomo Y", afirma Niehrs.

Os investigadores mostraram ainda que Gadd45g exerce o seu efeito através da regulação de uma cascata de sinalização que controla o gene Sry, regulador mestre do desenvolvimento sexual masculino.

Segundo os pesquisadores, este estudo não só identifica um novo papel para Gadd45g, mas sugere ainda uma nova via de sinalização que pode ter importantes implicações para a pesquisa sobre transtornos do desenvolvimento sexual.

Para os órgãos sexuais masculinos se desenvolverem corretamente, é essencial que o gene Sry seja expresso em níveis elevados em um período muito estreito de tempo no embrião.

Niehrs e seus colegas mostraram que Gadd45g é expresso em um padrão muito semelhante ao de Sry. O gene Gadd45g está ativo, no entanto, um pouco antes de Sry ser ligado. É importante notar que em ratinhos sem Gadd45g, o gene Sry não é expresso corretamente. Isto indica que Gadd45g controla a expressão desse regulador principal e, por sua vez, o desenvolvimento do sexo masculino.

Os cientistas também sugerem um possível mecanismo através do qual Gadd45g regula Sry. Eles acreditam que Gadd45g liga e ativa as principais proteínas sinalizadoras, como p38, que ativam o fator de transcrição Gata4. Quando ativo, este fator se liga e ativa o gene SRY.

A pesquisa foi publicada na revista Developmental Cell.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Diferenciação sexual    inversão sexual    embriões machos    embriões fêmeas    Johannes Gutenberg University Mainz    Christof Niehrs   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.