Saúde Pública
publicado em 25/11/2012 às 00h41:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Antonio Cruz/ABr
Foto: Antonio Cruz/ABr
Em maio de 2012, mulheres vão às ruas, na Marcha das Vadias, para reivindicar a liberdade de ser e de se vestir como quiser, sem que isso seja motivo para violência Exemplo. Mãe participa com filho na Marcha das Vadias, realizada, em maio de 2012, em Brasília
  « Anterior
Próxima »  
Em maio de 2012, mulheres vão às ruas, na Marcha das Vadias, para reivindicar a liberdade de ser e de se vestir como quiser, sem que isso seja motivo para violência
Exemplo. Mãe participa com filho na Marcha das Vadias, realizada, em maio de 2012, em Brasília

O Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra Mulheres é neste domingo, e as Nações Unidas destacam que sete em 10 mulheres são vítimas de abuso físico ou sexual em algum momento da vida.

Já a Organização Mundial da Saúde, OMS, afirma que 30% das mulheres sofrem violência regularmente. A agência alerta para o risco que 2 milhões de garotas correm, por ano, de sofrer mutilação genital, considerada em muitas culturas um rito de passagem.

O Secretário-Geral da ONU divulgou uma mensagem, destacando que muitas vezes, os agressores ficam impunes, porque meninas e mulheres têm medo de fazer a denúncia.

Para Ban Ki-moon, os sentimentos de medo e vergonha devem ser combatidos e os "criminosos são os que devem se sentir desonrados, não suas vítimas". Ban apelou aos governos para que cumpram as promessas de acabar com todas as formas de violência de gênero.

A campanha "UNiTE para o Fim da Violência contra Mulheres", lançada pelo Secretário-Geral, busca alcançar cinco objetivos até 2015, incluindo o reforço da coleta de dados sobre violência; maior conscientização pública e mobilização social e combate à violência sexual em conflitos.

Nesta semana, a ONU Mulheres lançou a iniciativa "Commit", pedindo aos governos que se comprometam com a causa, destacando que 125 países tem leis que punem a violência doméstica. Mas 603 milhões de mulheres vivem em nações, onde esse tipo de abuso não é crime.

Veja as atividades programadas para esta semana

Fonte: ONU
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra Mulheres    Violência contra as mulheres    mulheres    abuso físico    abuso sexual    ONU    OMS   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.