Geral
publicado em 22/11/2012 às 17h40:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Ricardo Stuckert/PR
Foto: Ricardo Stuckert/PR
Instalações da fábrica de antirretrovirais em Moçambique. Instalação e funcionamento foram realizados em parceria com o laboratório Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
  « Anterior
Próxima »  
Instalações da fábrica de antirretrovirais em Moçambique.
Instalação e funcionamento foram realizados em parceria com o laboratório Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A primeira remessa do antirretroviral Nevirapina 200mg, produzida pela Sociedade Moçambicana de Medicamentos S.A (SMM), fábrica cuja instalação e funcionamento foram realizados em paceria com o laboratório Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foi entregue ao Ministério da Saúde de Moçambique (Misau), nesta semana.

A unidade disponibilizará, até 2015, 21 medicamentos ao sistema de saúde moçambicano. Além dos antirretrovirais, a SMM vai atender outras especificidades terapêuticas para o tratamento de hipertensão, diabetes e anemia, enfermidades com dimensões preocupantes no contexto de saúde pública de Moçambique.

O acordo entre Brasil e Moçambique foi iniciado em 2003 e tem como principal objetivo a criação de uma indústria farmacêutica pública sustentável. A SMM é a primeira instituição pública no setor farmacêutico do continente africano.

Capacitação e certificação

Ao longo do acordo de cooperação, 56 funcionários moçambicanos foram treinados por Farmanguinhos, tanto em Maputo quanto no Centro Tecnológico de Medicamentos (CTM), em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A previsão é que, até o término da cooperação, em 2014, chegue a 90 o número de funcionários capacitados pelos profissionais da unidade farmacêutica da Fiocruz. A próxima fase da cooperação é preparar a fábrica para candidatar a unidade localizada no bairro de Matula à Certificação Internacional em Boas Práticas de Fabricação. De acordo com o governo moçambicano, a instalação da SMM deve impulsionar a qualidade de outras indústrias no país, tais como a alimentar e a química.

A elevada taxa de prevalência de HIV/Aids entre a população moçambicana foi o principal motivador para a cooperação entre os dois países.

Fundacaoosawaldocruz
Fábrica de antirretrovirais em Moçambique

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
antirretroviral    Nevirapina    Moçambique    Fundação Oswaldo Cruz    Fiocruz    Ministério da Saúde de Moçambique    Misau   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.