Geral
publicado em 22/11/2012 às 16h30:00
   Dê o seu voto:

Estudo derruba teoria de que sexo na gravidez induz trabalho de parto

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Wavebreakmedia
Apesar de não adiantar o parto, pesquisadores ressaltam que sexo é seguro na gravidez
  « Anterior
Próxima »  
Apesar de não adiantar o parto, pesquisadores ressaltam que sexo é seguro na gravidez

Pesquisadores da University of Malaya, na Malásia, descobriram que relações sexuais no nono mês de gravidez não induzem o trabalho de parto.

A pesquisa não encontrou diferenças no momento do parto entre as mulheres que fizeram sexo e aquelas que se abstiveram, segundo informações do Daily Mail.

"Estamos um pouco desapontados que não encontramos nenhuma associação. Teria sido bom para os casais ter algo seguro, eficaz e talvez até divertido que eles poderiam usar para ajudar a entrar em trabalho de parto um pouco mais cedo", afirma o autor do estudo Tan Peng Chiong.

Apesar de não adiantar o parto, os pesquisadores ressaltam que o sexo é totalmente seguro antes do rompimento da bolsa amniótica.

Estudos anteriores propuseram uma série de explicações biológicas plausíveis para justificar por que o sexo poderia induzir trabalho. Por um lado, o sémen contém uma substância semelhante ao hormônio prostaglandina, que é utilizado na sua forma sintética para induzir o parto. Também foi sugerido que o orgasmo pode provocar contrações uterinas.

Entretanto, poucos estudos já investigaram se o sexo realmente pode iniciar o processo de nascimento.

Na atual pesquisa, Chiong e seus colegas recrutaram mais de 1.100 mulheres entre as semanas 35 a 38 de gravidez. Nenhum delas tinha tido relações sexuais nas seis semanas anteriores ao estudo.

Cerca de metade das mulheres foram aconselhadas por um médico a fazer sexo com frequência como um meio de acelerar com segurança o trabalho de parto. A outra metade foi aconselhada de que o sexo era seguro durante a gravidez, mas que seus efeitos sobre o trabalho de parto eram desconhecidos.

Os pesquisadores então acompanharam as mulheres para determinar quanto tempo durou a gravidez e se foi necessária qualquer intervenção médica para começar o trabalho de parto.

Eles descobriram que cerca de 85% das mulheres que foram incentivadas a ter relações sexuais seguiram o conselho do médico, enquanto 80% das mulheres do outro grupo também teve relações sexuais.

As mulheres do grupo aconselhado a ter relações sexuais, fizeram sexo com mais frequência durante o restante período da gestação.

No entanto, os resultados mostraram que as taxas de parto induzido foram semelhantes em ambos os grupos: 22% do grupo encorajado a ter relações sexuais e 20,8% do outro grupo.

A gravidez também durou uma média de 39 semanas para ambos os grupos.

Segundo Jonathan Schaffir, da Ohio State University College of Medicine, os resultados oferecem um bom apoio para a ideia de que o sexo não ajuda a induzir o parto.

"Mesmo que o estudo não tenha mostrado qualquer aumento na taxa de indução do trabalho de parto, ele ajudou a cimentar a ideia de que sexo é provavelmente seguro na gravidez", afirma Schaffir.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Trabalho de parto    Sexo    Relações sexuais    University of Malaya    Tan Peng Chiong   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Estudo derruba teoria de que sexo na gravidez induz trabalho de parto
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Estudo derruba teoria de que sexo na gravidez induz trabalho de parto


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Trabalho de parto    sexo    relações sexuais    University of Malaya    Tan Peng Chiong   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.