Geral
publicado em 21/11/2012 às 07h58:00
   Dê o seu voto:

Gene associado à obesidade reduz risco de desenvolver depressão

Pesquisa canadense sugere que variações no gene FTO também podem estar ligadas a maiores níveis de felicidade

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da Universidade McMaster, nos Canadá, descobriram que o gene FTO, associado à obesidade, também está ligado a maiores níveis de felicidade.

A pesquisa sugere que a presença de FTO causa uma redução de 8% nas chances de uma pessoa de desenvolver depressão.

"A diferença de 8% é modesta e não deve alterar muito o cuidado dia-a-dia dos pacientes. Mas, descobrimos uma nova base molecular para a depressão", afirma o pesquisador David Meyre.

Os resultados foram divulgados na revista Molecular Psychiatry.

A equipe discorda das impressões habituais que estão associados com a ligação entre obesidade e depressão. Muitas vezes acredita-se que quando as pessoas são obesas, elas desenvolvem depressão porque estão descontentes com a forma como se veem.

Por outro lado, muitas pessoas acreditam que os indivíduos deprimidos muitas vezes acabam obesos porque não levam vidas ativas, ou comem de forma diferente por causa da depressão.

"Nós nos preparamos para seguir um caminho diferente, partindo da hipótese de que tanto a depressão quanto a obesidade estão associadas com a atividade cerebral. Trabalhamos com a ideia de que os genes da obesidade podem estar ligados à depressão", afirma Meyre.

Os pesquisadores, então, analisaram os estados genético e psiquiátrico de participantes envolvidos no estudo EpiDREAM, que examinou 17.200 amostras de DNA retiradas de indivíduos em 21 países diferentes.

Os cientistas descobriram que a alteração genética estabelecida em FTO, que os torna vulneráveis à obesidade, está ligada a uma redução de 8% na chance de desenvolver depressão.

Os especialistas validaram suas descobertas olhando para os estados genéticos de participantes envolvidos em três outros estudos em todo o mundo.

Meyre ressalta que, devido a mesma associação ter sido encontrada em 4 estudos separados, os resultados são concretos.

O estudo é a "primeira prova" para explicar a ligação entre o gene FTO da obesidade e uma defesa contra a depressão severa, separado de seu impacto sobre o índice de massa corporal.

A equipe afirma que a descoberta é importante porque a depressão é uma doença comum, que afeta até um em cada cinco canadenses.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Obesidade    Depressão    Gene FTO    Felicidade    Universidade McMaster    David Meyre   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Gene associado à obesidade reduz risco de desenvolver depressão
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Gene associado à obesidade reduz risco de desenvolver depressão


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Obesidade    depressão    gene FTO    felicidade    Universidade McMaster    David Meyre   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.