Geral
publicado em 17/11/2012 às 12h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: University of Adelaide
Parto prematuro causa problemas de desenvolvimento cerebral que afetam diretamente a memória e a capacidade de aprendizagem
  « Anterior
Próxima »  
Parto prematuro causa problemas de desenvolvimento cerebral que afetam diretamente a memória e a capacidade de aprendizagem

Pesquisadores da Universidade de Adelaide, na Austrália, mostraram que os adolescentes nascidos prematuramente podem sofrer problemas de desenvolvimento cerebral que afetam diretamente a memória e a capacidade de aprendizagem.

A pesquisa mostra redução da "plasticidade" nos cérebros de adolescentes que nasceram antes ou na 37ª semana de gestação.

Os resultados da pesquisa foram publicados hoje no Journal of Neuroscience.

"A plasticidade do cérebro é fundamental para o aprendizado e a memória por toda a vida. Ela permite que o cérebro se reorganize, respondendo às mudanças de comportamento, meio ambiente e estímulos, modificando o número e a força das conexões entre os neurônios e áreas diferentes do cérebro. Plasticidade é também importante para a recuperação de danos cerebrais", afirma a pesquisadora Julia Pitcher.

Pesquisas anteriores mostraram que crianças nascidas prematuramente muitas vezes experimentam problemas motores, cognitivos e de aprendizagem.

O crescimento do cérebro é rápido entre as semanas 20 e 37 de gestação, e nascer, mesmo que apenas um prematuro, parece causar alterações sutis na microestrutura do cérebro, conectividade neural e neuroquímica.

No entanto, os mecanismos que ligam esta fisiologia cerebral alterada com resultados comportamentais, como problemas de memória e de aprendizagem, eram desconhecidos.

A equipe decidiu, então, comparar adolescentes nascidos prematuramente com os nascidos no tempo certo, e também com adultos nascidos normalmente.

Eles usaram uma técnica não invasiva de estimulação magnética do cérebro, induzindo respostas do cérebro para obter uma medida da plasticidade. Os níveis de cortisol, normalmente produzido em resposta ao estresse, também foram medidos para melhor compreender as diferenças químicas e hormonais entre os grupos.

Os adolescentes nascidos prematuramente mostraram claramente menor neuroplasticidade em resposta à estimulação do cérebro. Surpreendentemente, mesmo um nascimento pouco prematuro foi associado a uma resposta cerebral reduzida. Por outro lado, os adolescentes nascidos no tempo normal foram altamente "plásticos" em comparação com os adultos e os adolescentes nascidos de parto prematuro.

"Adolescentes prematuros também tinham níveis baixos de cortisol na saliva, o que foi altamente preditivo desta menor resposta cerebral. Muitas vezes as pessoas associam o aumento do cortisol ao estresse, mas o hormônio flutua acima e abaixo de cada período de 24 horas e isso desempenha um papel crítico na aprendizagem, na consolidação de novos conhecimentos na memória e na posterior recuperação dessas memórias. Isso pode ser importante para o desenvolvimento de uma possível terapia para superar o problema da neuroplasticidade", conclui Pitcher.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Parto prematuro    desenvolvimento cerebral    memória    aprendizagem    Universidade de Adelaide    Julia Pitcher   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.