Geral
publicado em 16/11/2012 às 18h03:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Imagem: SES/PE
Cartaz da campanha de conscientização, mobilização e combate à tuberculose promovida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) e Agentes Comunitários de Saúde.
  « Anterior
Próxima »  
Cartaz da campanha de conscientização, mobilização e combate à tuberculose promovida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) e Agentes Comunitários de Saúde.

Dos 4,3 mil novos casos de tuberculose que ocorrem, em média, por ano, em Pernambuco, 350 são detectados em reeducandos, dentro de 20 unidades prisionais. O número corresponde a aproximadamente 10% dos casos totais. No terceiro lugar em taxa da doença e o segundo lugar em mortalidade no país, sendo o 1º lugar na região Nordeste, o estado iniciou, nesta semana, uma ação para conscientizar agentes comunitários de saúde no combate à doença.

" Os números mostram que a incidência é alta na população carcerária. A atuação focada nesse público e em quem mantém esse contato permanente se torna fundamental e prioritário para o controle da doença nas prisões do estado. Por isso, a preocupação em monitorar esse fluxo" , pontua a coordenadora do Programa de Tuberculose da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Laíze Brilhante. Durante todo o mês, a SES promove campanha de mídia com a circulação de peças e outbus, além de apoiar os municípios em atividades educativas.

O sistema penitenciário do estado de Pernambuco abriga, atualmente, cerca de 25 mil presos.

A tuberculose é uma doença grave, porém curável, em praticamente 100% dos casos novos, desde que os princípios do tratamento sejam seguidos. É um problema de saúde prioritário no Brasil, que juntamente com outros 21 países em desenvolvimento, alberga 80% dos casos mundiais da doença. Doença curável e evitável, a tuberculose mata aproximadamente 4.500 pessoas no Brasil, a cada ano. Em sua maioria, os óbitos ocorrem nas regiões metropolitanas e em unidades hospitalares. Em Pernambuco ocorrem, em média, 380 óbitos por ano (segundo dados do Sistema de Informação de Mortalidade/SIM).

A capital pernambucana encontra-se em primeiro lugar em mortalidade dentre as capitais brasileiras.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Tuberculose    População carcerária    Pernambuco    Secretaria Estadual de Saúde    SES   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
tuberculose    população carcerária    Pernambuco    Secretaria Estadual de Saúde    SES   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.