Geral
publicado em 15/11/2012 às 12h01:00
   Dê o seu voto:

MS estuda retomada imediata das obras do Hospital Federal de Bonsucesso no Rio

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Tania Rego/ABr
Setor de emergência do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), na zona norte da capital Rio de janeiro
  « Anterior
Próxima »  
Setor de emergência do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), na zona norte da capital Rio de janeiro

A retomada imediata das obras de reforma do prédio onde funcionava o setor de Emergência do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), na zona norte da capital fluminense, foi discutida, nesta quarta-feira (14), em reunião que teve a participação de membros do Conselho Regional de Medicina do estado do Rio de Janeiro (Cremerj), representantes do Ministério da Saúde e integrantes do corpo clínico do hospital.

Desde janeiro de 2011 que as obras de reforma da Emergência estão paradas por causa de irregularidades no processo de licitação. Por causa disso, o setor está funcionando improvisadamente em contêineres instalados em uma área próxima ao estacionamento do HFB, com graves prejuízos para os pacientes atendidos no local, inclusive com superlotação.

A Comissão de Fiscalização do Cremerj esteve ontem (13) na Emergência e constatou que o ambiente ainda apresenta condições insalubres e inadequadas para o atendimento. De acordo com a presidenta do conselho, Márcia Rosa de Araújo, o Cremerj pretende monitorar o hospital juntamente com o Ministério Público, para regularizar a situação o quanto antes.

"Há pelo menos 33 pessoas internadas na Emergência, enquanto o limite é 25. Um paciente estava internado há mais de 24 horas, ultrapassando o limite para emergências. Mais do que nunca, é necessário a contratação de recursos humanos e, também, o conserto urgente do exaustor [para evitar que o paciente contraia alguma bactéria, devido ao calor nos contêineres]. Todas essas questões têm que ser resolvidas em um prazo máximo de 30 dias", disse.

Ainda segundo a presidenta do Cremerj, os médicos que trabalham na Emergência, aumentaram as transferências internas de pacientes, mas a oferta de leitos pelo sistema de regulação é insuficiente.

"Há déficit de recursos humanos, com todos os pediatras deslocados para os plantões, acabando com a equipe de rotina. O número de clínicos também não é adequado ao porte do hospital".

Fonte: AGÊNCIA BRASIL
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: MS estuda retomada imediata das obras do Hospital Federal de Bonsucesso no Rio
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: MS estuda retomada imediata das obras do Hospital Federal de Bonsucesso no Rio


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Hospital Federal de Bonsucesso    Ministério da Saúde    Rio de Janeiro    Conselho Regional de Medicina do estado do Rio de Janeiro    Cremerj   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.