Foto Saúde
publicado em 13/11/2012 às 18h43:00
   Dê o seu voto:

Governo de Minas alerta sobre necessidade de combater a coqueluche

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: ilustração Rafael Sete/SESMG
Doença é transmitida pelo contato direto da pessoa doente com outra suscetível (não vacinada) através de gotículas de saliva expelidas pela tosse, espirro ou ao falar.
  « Anterior
Próxima »  
Doença é transmitida pelo contato direto da pessoa doente com outra suscetível (não vacinada) através de gotículas de saliva expelidas pela tosse, espirro ou ao falar.

Em 2012, até o momento, foram notificados 167 casos de coqueluche em Minas Gerais. Para combater o avanço da doença, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), além de disponibilizar a vacina, implantou, neste ano, o Projeto de Fortalecimento da Vigilância em Saúde. A iniciativa tem o objetivo de incentivar as ações de controle da coqueluche por meio de incentivo financeiro aos municípios.

Segundo a especialista em difteria, tétano e coqueluche da SES, Luciene Rocha, o aumento dos casos neste ano se deve a vários fatores: " O aprimoramento do Sistema de Vigilância, incluindo a melhora da qualidade dos bancos de dados, é um desses fatores, pois com a intensificação do monitoramento, aumentam as notificações dos casos" , explica.

A coqueluche, também conhecida por pertussis, é uma doença infecciosa que compromete, principalmente, o aparelho respiratório (traqueia e brônquios). É, geralmente, transmitida pelo contato direto da pessoa doente com outra suscetível (não vacinada) através de gotículas de saliva expelidas pela tosse, espirro ou ao falar.

A coqueluche pode ocorrer em qualquer época do ano e em qualquer fase da vida, mas as crianças menores de dois anos têm maior probabilidade de contrair a doença.

Vacina eficaz

O Ministério da Saúde incluiu, em 2012, no calendário de vacinação da criança, a vacina pentavalente contra difteria, tétano, coqueluche, Haemophilus influenza tipo b e hepatite B , visando diminuir o número de aplicações de injeções nas crianças.

A vacina, cuja eficácia gira em torno de 75 a 80%, está disponível na rede pública para a imunização de crianças menores de um ano de idade. A vacinação consiste na aplicação de três doses, com um intervalo de 60 dias, a partir de dois meses de idade.

Para completar, é aplicada a vacina DTP contra difteria, tétano e coqueluche , aos 15 meses e aos quatro anos. A partir dos 11, o esquema vacinal passa a ser com a vacina DT contra difteria e tétano. , excluindo a coqueluche.

Sintomas da doença

Os principais sintomas da coqueluche são: tosse seca, súbita e curta (guincho), febre pouco intensa, mal estar geral, coriza e vômito. Luciene destaca que o diagnóstico deve ser feito por um médico e que somente o profissional poderá prescrever a medicação necessária.

De acordo com Luciene, um dos maiores problemas encontrados é o diagnóstico precipitado, já que os sintomas da doença são muito parecidos com outras patologias, como a gripe. " O diagnóstico preferencial é feito por laboratório, colhendo material da nasofaringe para isolamento da bactéria. Caso haja algum indício da doença, a indicação é procurar imediatamente uma Unidade de Saúde" , completa.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Governo de Minas alerta sobre necessidade de combater a coqueluche
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Governo de Minas alerta sobre necessidade de combater a coqueluche


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
coqueluche    Governo de Minas    Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais    SES    Luciene Rocha   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.