Geral
publicado em 13/11/2012 às 17h26:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Peter Ilicciev/Fiocruz
Jorge Bermudez, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fundação, e Christine Ennew, vice-reitora da Universidade de Nottingham, assinam parceria colaborativa.
  « Anterior
Próxima »  
Jorge Bermudez, vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fundação, e Christine Ennew, vice-reitora da Universidade de Nottingham, assinam parceria colaborativa.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) vai ampliar sua atuação no campo da descoberta de novos fármacos. A instituição acaba de firmar parceria para o desenvolvimento produtivo com a líder em ensino de ciências farmacêuticas na Europa, a Universidade de Nottingham (Reino Unido). As duas instituições ainda vão promover ações conjuntas na formação de pessoal de nível superior e no intercâmbio em ciência, tecnologia e inovação. A consolidação do acordo bilateral possibilita o desenvolvimento de projetos da Fundação no Institute of Cell Signalling (Instituto de Sinalização Celular), que pertence à universidade.

Segundo o vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fundação, Jorge Bermudez, a parceria para o desenvolvimento produtivo, que está alinhada com as diretrizes de pesquisa para o SUS e com a relação de medicamentos prioritários, será muito importante para o sistema de saúde brasileiro, pois vai contribuir de maneira decisiva para a expansão do acesso da população a medicamentos essenciais. " Os investimentos em biotecnologia, oncologia e nanotecnologia são cruciais para nos mantermos na ponta em relação aos desafios contemporâneos que enfrentamos para assegurar a saúde como direito de todos e dever do Estado. Parcerias como a estabelecida com a Universidade de Nottingham são indispensáveis para nos assegurar este avanço" , declarou.

A vice-reitora da Universidade de Nottingham, Christine Ennew, também afirma que a parceria vai ajudar a enfrentar os desafios na área de produção de novos fármacos no Reino Unido. " Sofremos com o alto custo de produção para nossa indústria farmacêutica, o qual encarece as novas terapias. Além disso, nossa população está passando por um processo de envelhecimento e isso requer uma produção ainda maior e mais necessária de novos fármacos. Com a parceria estabelecida com a Fiocruz, uma instituição que tem expertise em transformar pesquisa e descobertas em produção, poderemos produzir, de forma eficiente, ainda mais terapias" , ressaltou.

A parceria com Nottingham ainda abre possibilidades para a colaboração de pesquisadores da Fiocruz com outras áreas nas quais a universidade também é referência, como Biologia Celular, Nanobiotecnologia, Farmacotecnia, Química Verde, Assuntos Regulatórios, Negócios Internacionais e Saúde Ocupacional. " Com a implantação do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), e com a atuação de nossos laboratórios que vem trabalhando na ponta da pesquisa biomédica, poderemos ampliar nosso campo de trabalho com Nottingham" , finalizou Luiz Eduardo Fonseca, representante do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz).

Universidade de Nottingham/b>

Fundada em 1881 na Inglaterra, a Universidade de Nottingham tem a descoberta de novos medicamentos como uma de suas áreas prioritárias. Recentemente lançou o Drug Discovery Priority Group (Grupo de Prioridade de Descoberta de Drogas), que visa à globalização da pesquisa em descoberta e desenvolvimento de novos fármacos por meio do treinamento pós-doutoral, do acesso a modernas tecnologias de screening, da pesquisa multidisciplinar, da colaboração com os campi internacionais na Malásia e China e de parcerias internacionais com empresas, laboratórios farmacêuticos e instituições de ensino superior. A Universidade, que tem mais de 200 programas de graduação e mais de 300 de pós-graduação, também conta com grupos de estudo nos campos de segurança global alimentar; pesquisa em ciência, tecnologia e sociedade; tecnologia aeroespacial, entre outros.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Fiocruz    Universidade de Nottingham    medicamento    acordo bilateral    Institute of Cell Signalling    Jorge Bermudez    biotecnologia    SUS    Reino Unido   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.