Geral
publicado em 07/11/2012 às 13h52:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Marcello Casal Jr./ABr
Rafael Barbosa, secretário de Saúde do Distrito Federal
  « Anterior
Próxima »  
Rafael Barbosa, secretário de Saúde do Distrito Federal

Quarenta pacientes de alta complexidade internados em unidades de terapia intensiva (UTI) de hospitais públicos do Distrito Federal (DF) vão ser transferidos para o serviço home care (atendimento continuado em casa).

De acordo com a secretário de Saúde do DF, Rafael Barbosa, 18 famílias já manifestaram interesse no tratamento domiciliar. Os pacientes apresentam algum tipo de quadro crônico que provoca insuficiência respiratória e exige ventilação mecânica, como casos de esclerose amiotrófica, distrofia muscular e paralisia cerebral quadriplégica espástica.

" O serviço de home care era uma reivindicação antiga" , disse o secretário. Atualmente, pelo menos oito pacientes no DF fazem uso da internação domiciliar graças a demandas judiciais. " Estamos pioneiramente oferecendo esse serviço" , completou.

Para se candidatar ao serviço de atendimento domiciliar, o paciente precisa ser classificado por uma equipe médica como de alta complexidade. Além disso, é necessário que ele more no DF e que a residência tenha condições adequadas às exigências do sistema home care. O próprio paciente ou um responsável legal deve autorizar a transferência com o consentimento formal.

A Secretaria de Saúde vai disponibilizar equipamentos, medicamentos, dietas, tratamentos, exames e demais recursos necessários para a assistência em casa. A internação inclui desde curativos e administração de remédios até procedimentos mais complexos como a ventilação mecânica.

Uma equipe médica multidisciplinar fará o acompanhamento do paciente em casa, sendo que um técnico de enfermagem ficará responsável pelo monitoramento 24 horas. A família não será autorizada a manusear os equipamentos.

A estimativa do governo do DF é que o sistema home care reduza em cerca de 50% os gastos com pacientes crônicos. Na UTI hospitalar, a média de gastos diários é R$ 3 mil, enquanto, em casa, os custos caem para R$ 1,2 mil ao dia.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL
   Palavras-chave:   Internação domiciliar    Home care    UTI    Unidade de Terapia Intensiva    Distrito Federal   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
internação domiciliar    home care    UTI    Unidade de Terapia Intensiva    Distrito Federal   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.