Geral
publicado em 28/10/2012 às 10h22:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Estudo clínico comprova, pela primeira vez, que o leite é um ótimo meio de conservação para dentes traumatizados ou avulsionados, que são aqueles que se soltam completamente da arcada dentária devido a um trauma. A pesquisa, desenvolvida pela professora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Juliana Vilela Bastos, recebeu o Prêmio Jeans Andreasen no 17º Congresso Mundial de Traumatismo Dentários.

Levantamento realizado pela pesquisadora demonstrou que, dos 700 pacientes pesquisados, 80% procuraram atendimento emergencial dentro de seis horas, ou seja, se esses dentes tivessem sido armazenados no leite, a maioria dos reimplantes teria grandes chances de sucesso. " Para termos 100% de sucesso quando um dente sai completamente da boca, o reimplante deve ocorrer nos 10 minutos seguintes ao trauma ou ser armazenado no leite. Se o dente for colocado em um recipiente com leite, esse tempo de 10 minutos passa para seis horas e, nesse período, é possível procurar atendimento médico" , argumenta Juliana.

Desde a década de 1980, estudos experimentais já sinalizavam que o leite seria um ambiente propício à manutenção de dentes avulsionados. Contudo, a comprovação clínica veio agora com a tese de doutorado da professora, que tem como objetivo avaliar fatores genéticos e clínicos associados à cicatrização de dentes reimplantados.

" Sabemos que a maioria dos acidentes ocorre com crianças em idade escolar. O ideal, quando um dente sai inteiro após um trauma, é que a própria pessoa ou acompanhante tente colocá-lo no lugar nos 10 minutos seguintes à lesão. Entretanto, na maioria das vezes esse tempo é impossível de ser obedecido, pois até que as primeiras providências sejam tomadas, esse período já passou. Daí a importância de divulgar o leite como meio de conservação, pois ele é facilmente encontrado nas escolas infantis, onde ocorre a maioria dos traumas dentários" , diz Juliana.

Segundo a professora, a partir do momento que os professores e pais sabem o que fazer no momento do trauma (tentar reposicionar o dente ou guardá-lo no leite), as chances de sucesso do tratamento chegam a 100%.

Com informações da UFMG

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
recuperação do dente    dente traumatizado    leite    Juliana Vilela Bastos    Congresso Mundial de Traumatismo Dentários    UFMG    Universidade Federal de Minas Gerais   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.