Geral
publicado em 22/10/2012 às 18h10:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: SFU/Media Relations
Lisa Craig, pesquisadora responsável pelo estudo
  « Anterior
Próxima »  
Lisa Craig, pesquisadora responsável pelo estudo

Equipe internacional de pesquisadores conseguiu explicar como o Vibrio cholerae se tornou um agente patogênico letal causador da cólera. A descoberta é capaz de ajudar a revolucionar o tratamento com antibióticos da bactéria mortal.

O V. cholerae causa a cólera, que é endêmica em muitos países em desenvolvimento e pode surgir em regiões devastadas por guerras e desastres naturais. Um surto após o terremoto de 2010 no Haiti matou pelo menos 7.500 pessoas.

A equipe descobriu que dois genes no genoma do V. cholerae o tornam tóxico e mortal. A bactéria adquiriu esses genes quando um vírus bacteriano chamado CTX-phi o infectou.

Os pesquisadores e seus colegas propuseram a ideia de que um mecanismo dentro de V. cholerae permite que o vírus CTX-phi o infecte.

CTX-phi se agarra a um filamento ' pilus' longo que flutua na superfície de V. cholerae. O filamento em seguida se retrai, puxando o gene da toxina CTX-phi para dentro da bactéria onde ele se liga a TolA, uma proteína da parede bacteriana.

O processo transforma V. cholerae em um agente patogênico humano mortal.

Segundo os autores, os filamentos ' pilus' podem ser explorados como um mecanismo de transporte para entregar antibióticos diretamente na bactéria.

"Nós poderíamos explorar o mecanismo de retração do pilus para introduzir antibióticos diretamente nas células, ignorando sua barreira de membrana externa", explica a líder da pesquisa Lisa Craig, da Simon Fraser University.

Atualmente existem antibióticos para V. cholerae, mas esses também matam bactérias benéficas no intestino. A ideia dos pesquisadores é usar o ' pilus' como um ' cavalo de Tróia' para entregar medicamentos especificamente e eficazmente ao patógeno bacteriano.

De acordo com, a descoberta de sua equipe é ainda mais emocionante devido à simplicidade de seu funcionamento.

Craig acredita que o mecanismo de ' pilus' também pode ser usado para entregar antibióticos para tratar a Pseudomonas aeruginosa, uma infecção respiratória mortal bacteriana que atinge principalmente pessoas com fibrose cística e poderia salvar muitas vidas.

Veja mais detalhes sobre esta pesquisa (em inglês).

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Cólera    Vibrio cholerae    Agente patogênico    Simon Fraser University    Lisa Craig   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Cólera    Vibrio cholerae    agente patogênico    Simon Fraser University    Lisa Craig   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.