Geral
publicado em 21/10/2012 às 09h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Pesquisadores da University of Texas Health Science Center at Houston, nos EUA, descobriram que a obesidade pode acelerar a progressão de tumores.

A pesquisa tem potencial para explicar por que pacientes acima do peso têm um pior quadro clínico se comparados a pessoas magras com diferentes tipos de câncer.

Durante experiências com camundongos magros e obesos que passaram pela mesma dieta, os pesquisadores mostraram que os tumores cresceram em um ritmo muito mais acelerado em ratos obesos do que em ratos magros.

Além disso, eles também observaram que os ratos obesos possuíam uma quantidade muito maior de células adiposas brancas (células do estroma), o que os levou a focar os estudos na importância destas células para o organismo.

O pesquisador Mikhail Kolonin e seus colegas sugeriram que o tecido adiposo conhecido como tecido adiposo branco, que é o tecido gorduroso que se expande em indivíduos obesos, está diretamente envolvido no câncer, com um papel importante.

Análises detalhadas mostraram mobilização induzida pelo câncer das células adiposas estromais. Uma vez nos tumores, algumas destas células se transformaram em células de gordura, enquanto outras foram incorporadas em vasos sanguíneos associados a tumores.

Vasos sanguíneos associados a tumores apoiam o crescimento do tumor, levando oxigênio e nutrientes vitais para a sobrevivência e proliferação da célula cancerosa. Kolonin notou que a capacidade das células adiposas estromais de contribuir para a formação de vasos sanguíneos associados a tumores é provavelmente uma das razões principais pela qual o excesso destas células nos tumores foi associado com maior proliferação de células malignas e aumento do crescimento do tumor.

"Nossos dados fornecem a primeira evidência in vivo da existência de um recrutamento de células do tecido adiposo pelos tumores. O fato de que estas células estão presentes em tumores ainda é um conceito emergente. Nós mostramos que não só estão presentes, mas são também funcionais e afetam o crescimento do tumor. Identificar os sinais que levam estas células a serem recrutadas para tumores e encontrar formas de bloqueá-los pode fornecer uma nova abordagem no tratamento do câncer", conclui Kolonin.

Fonte: Isaude.net
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Obesidade    células adiposas    câncer    University of Texas Health Science Center at Houston    Mikhail Kolonin   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.