Geral
publicado em 15/10/2012 às 19h46:00
   Dê o seu voto:

Pesquisadores apresentam novos tratamentos contra a diabetes na UnB

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: UnB
Jane Dullius, coordenadora do projeto de extensão Doce Desafio de educação em diabetes
  « Anterior
Próxima »  
Jane Dullius, coordenadora do projeto de extensão Doce Desafio de educação em diabetes

As novas formas de prevenção e tratamento da diabetes, doença crônica que afeta hoje mais de 12 milhões de pessoa em todo o país, cerca de 6% da população brasileira, será tema do II Simpósio Doce Desafioda Universidade de Brasília (UnB) entre os dias 25 e 28 de outubro.

A iniciativa que já capacitou mais de 800 estudantes e profissionais no tratamento e prevenção da doença, conta com sete professores da UnB de diversas áreas, como Educação Física, Nutrição e Farmácia. " Já apresentamos mais de 180 trabalhos diferentes sobre o tema em congressos nacionais e internacionais" , afirma a professora Jane Dullius, coordenadora do projeto de extensão Doce Desafio de educação em diabetes.

A coordenadora, que também é diabética há mais de 40 anos, alerta para a importância da atividade física no dia-a-dia do portador ou de quem tem propensão a ter o problema. Segundo ela, " o exercício físico melhora a capacidade de os tecidos, especialmente dos músculos, captar a glicose em excesso no sangue e jogar para dentro das células para ser gerada energia. A atividade física auxilia no controle da glicemia e previne a principal causa que leva à condição diabética, que é a resistência à insulina" , afirma.

Segundo ela, o paciente deve fazer uma avaliação para saber qual atividade física é mais indicada para o seu caso, " O desejável é que o diabético faça pelo menos três tipos de modalidades: aeróbicas, para fortalecer sistema cardiovascular, que é a principal causa de morte entre os diabéticos; que trabalhem a resistência, como musculação, pois modificam a estrutura do organismo e favorece no controle glicêmico; e que favoreçam a flexibilidade, pois o diabético tem maior tendência ao enrijecimento articular e generalizado do corpo" , diz a professora, que reforça ainda que essas práticas devem ser seguidas regularmente no mínimo três vezes por semana.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Diabetes    Simpósio    Tratamento    Simpósio Doce Desafio    UnB   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Pesquisadores apresentam novos tratamentos contra a diabetes na UnB
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Pesquisadores apresentam novos tratamentos contra a diabetes na UnB


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Diabetes    simpósio    tratamento    Simpósio Doce Desafio    UnB   
Comentários:
Comentar
carlos
postado em:
16/11/2012 16:40:16
faço natação 3 vezes por semana pois não gosto de academia gostaria de saber se e suficiente tenho diabetes tipo 2
carlos
postado em:
16/11/2012 16:40:11
faço natação 3 vezes por semana pois não gosto de academia gostaria de saber se e suficiente tenho diabetes tipo 2
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.