Geral
publicado em 13/10/2012 às 13h17:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Peter Ilicciev/Fiocruz
Reunião de trabalho entre profissionais do INS e da Fiocruz, no Rio de Janeiro
  « Anterior
Próxima »  
Reunião de trabalho entre profissionais do INS e da Fiocruz, no Rio de Janeiro

O Instituto Nacional de Saúde (INS) de Moçambique e a Fiocruz acabam de iniciar uma nova etapa de cooperação bilateral. Representantes das duas instituições, que já vem desenvolvendo ações conjuntas nos últimos cinco anos, se reuniram com o diretor do instituto, Ilesh Jani, para a definição de uma proposta de plano de cooperação para o próximo quinquênio. O objetivo é fortalecer o papel do INS de Moçambique na formulação de políticas nacionais de saúde.

O foco da nova fase da parceria será o fortalecimento da capacidade para o desenvolvimento científico e tecnológico em saúde em Moçambique; no desenvolvimento de modelos de vigilância sindrômica (estratégia que facilita a detecção precoce de potenciais casos de determinada doença, auxiliando na adoção de medidas de prevenção e controle) em áreas prioritárias para a saúde pública dos dois países entre outros.

Segundo o coordenador do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), Paulo Buss, a proposta do plano estratégico de cooperação reúne eixos de ação e macroprojetos definidos de acordo com as principais demandas e necessidades do INS e do setor de saúde de Moçambique. Para ele, a parceria vai beneficiar os sistemas de saúde de ambos os países. " Estou muito satisfeito com o resultado desses dias de trabalho. Os eixos de atuação determinados vão reforçar a atuação do INS, que representa a governança do sistema de saúde moçambicano, fortalecendo, com isso, o sistema de saúde do país" , afirmou. Segundo Ilesh Jani, a nova etapa da parceria adota uma postura mais estratégica, assumindo um caráter diferente da cooperação realizada entre as duas instituições nos últimos cinco anos. " Esta é uma visão mais amadurecida de cooperação que vai permitir que nossas iniciativas sejam pensadas a longo prazo e, com isso, tenham maior impacto" , ressaltou.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Moçambique    Instituto Nacional de Saúde    INS    Fundação Oswaldo Cruz    Fiocruz   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Moçambique    Instituto Nacional de Saúde    INS    Fundação Oswaldo Cruz    Fiocruz   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.