Saúde Pública
publicado em 14/11/2009 às 16h00:00
   Dê o seu voto:

Novo tratamento de incontinência urinária infantil é desenvolvido no Brasil

Neuroestimulação sacral desenvolvida na Bahia tem índice de cura de 72% em longo prazo. Estudo será divulgado em dezembro

 
tamanho da letra
A-
A+

Urologistas pediátricos se reuniram para debater as novidades no setor durante o 32º Congresso Brasileiro de Urologia, em Goiânia. Os temas de destaque foram as novidades em tratamento para enurese, popularmente conhecida como xixi infantil na cama ou escapamento durante o dia, e quando realizar a cirurgia para crianças com criptorquidia (testículo que não desce para a bolsa escrotal). De acordo com as estimativas da Sociedade Brasileira de Urologia, cerca de 15% das crianças até 5 anos ainda fazem xixi na cama.

O coordenador do Centro de Estudos Miccionais na Infância (CEDIMI) da Escola Bahiana de Medicina, Ubirajara Barroso, apresentou dados de um estudo inédito sobre um novo tratamento para a enurese noturna (xixi na cama infantil) e incontinência urinária diurna. Os dados se referem à técnica europeia da neuroestimulação sacral indicada para crianças que têm escapamento de urina durante o dia. De acordo com os dados do primeiro estudo, divulgado em 2006, 63% das crianças tratadas obtiveram a cura em curto prazo. O estudo que será divulgado no Journal of Urology, em dezembro, avaliou as crianças em longo prazo e chegou à conclusão de 72% delas atingiram a cura.

" Trabalhamos com 49 crianças, a maioria delas por mais de dois anos e parte por cerca de 6 meses. Enquanto, 63% delas obtiveram a cura em curto prazo, 21% tiveram uma melhora importante no mesmo período e apenas 6% tiveram falha no tratamento, então nosso índice de sucesso é de 94% dos casos" , explicou Barroso. O estudo vem acompanhando crianças desde 2001. " A média de acompanhamento das crianças no estudo é de 3 anos" , disse o médico.

A técnica fisioterápica da neuroestimulação sacral consiste em colar um eletrodo na região sacral (nas costas entre a região lombar e o início das nádegas) para estimular o controle do esfíncter. " O belga Piet Hoebeke foi quem desenvolveu esse tratamento. No entanto, ele era feito diariamente com uma frequência de 2Hz, aperfeiçoamos a técnica, aumentando para 10Hz e diminuindo o número de sessões semanais para três" , afirma Barroso, que contou com uma equipe multidisciplinar composta por especialistas em: fisioterapia, psicologia, enfermagem e nutrição.

Hoebeke, chefe do Departamento de Uropediatria da Ghent University Hospital, explicou que o estudo baiano será uma referência mundial. " Ele é fantástico. É o primeiro estudo que mostra essa eficácia. Os urologistas pediátricos brasileiros são muito bons" , disse o maior especialista no setor, Hoebeke.

Em sua apresentação, Hoebeke falou sobre a importância de se fazer a cirurgia de criptorquidia o quanto antes. Quando a criança nasce, o testículo deve descer da barriga para a bolsa escrotal antes de 1 ano de idade. Caso isso não ocorra, a criança tem 40 vezes mais chances de desenvolver câncer de testículo e mais chances de ser infértil quando adulta. " Quanto mais cedo ela for tratado, menor serão as chances de ela ser infértil ou ter câncer. Recomendo a cirurgia a partir de seis meses e até 1 ano" , afirmou Hoebeke. " Esperar muito pela cirurgia é errado. Operando tarde, ela poderá ter um espermatozóide de baixa qualidade e as chances de infertilidade sobem para 30%" , completou.

De acordo com o chefe da Uropediatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Antonio Macedo Jr., antigamente os médicos recomendavam esperar até 2 anos para operar a criptorquidia, mas essa indicação já está ultrapassada. " Se o testículo não desceu até 1 ano, não vai descer mais e é preciso fazer a cirurgia" , alertou o médico. " Antes mesmo de 1 ano já sabemos se ele vai descer ou não na apalpação. Se não conseguirmos apalpá-lo ou na apalpação notarmos os testículos altos, já é indicação cirúrgica" , complementou.

A bolsa escrotal mantém os testículos em uma temperatura mais baixa que a do corpo e isso é essencial para a produção de espermatozóides de qualidade.

Fonte: SBU - SP
   Palavras-chave:     
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia: Novo tratamento de incontinência urinária infantil é desenvolvido no Brasil
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria: Novo tratamento de incontinência urinária infantil é desenvolvido no Brasil


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
   
Comentários:
Comentar
meire
postado em:
25/02/2013 00:38:24
Boa noite, tenho um filho de 5 anos, e ele esta indo muiti ao banheiro para fazer xixi, mas isso ocorre durante o dia, faz uma semana que ele esta assim. Primeiro queixou-se dor ao urinar, entao o levamos ao pediatra e ele nos encaminhou para um urologista que o medicou com pomadas, mais ou menos 1 mes de tratamento.Ocorre que ja faz 5 dias da aplicacao da primeira pomada oncilom creme e ele nao para de fazer xixi de dia, agora vamos entrar com a postec. Gostaria de saber o que e isso, se pode ser ou nao probemas na bexiga ou rim, ou se pode ser sintomas de ansiedade.
ariane
postado em:
01/04/2012 23:00:44
eu tenho uma filha de 5 anos que tem incontinencia urinaria,devido a uma ma formaçao fetal.gostaria de saber se ha algum tipo de cirurgia que possa nos ajudar ,porque ela vai a escola com fraldas.e isso a incomoda muito,sem contar meu sofrimento...
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.