Geral
publicado em 09/10/2012 às 19h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+

Cientistas do Raffles Hospital, em Cingapura, desenvolveram um novo sistema que restaura a capacidade de fala de pacientes que perderam a voz devido a doenças como o câncer de garganta.

O procedimento permite que os pacientes voltem a falar apenas 10 minutos após a operação. Com o tratamento padrão, esse período de espera é de até duas semanas.

O tratamento padrão da laringectomia consiste na inserção de uma prótese por meio de uma pequena punção (punção tráqueo-esofágica ou TEP) na parede entre a traqueia e o esôfago. Durante a punção, um fio-guia é inserido na fístula para impedir a criação de passagens falsas. Dois "dilatadores" são colocados para alargar a abertura.

Antes, um tubo de borracha temporário é colocado na abertura e a prótese vocal não é inserida até cerca de duas semanas depois, quando a passagem estiver "madura".

Agora, Chui Chee Kiong e seu colega David Lau conseguiram fundir todas essas etapas em um único procedimento.

No entanto, os médicos ainda precisam do endoscópio para orientar e monitorar o progresso durante a operação. O novo sistema garante um ajuste confortável e imediato da prótese na passagem criada entre a traqueia e o esôfago.

Próteses vocais podem variar de comprimento para diferentes indivíduos, dependendo da espessura entre o tubo de alimentação e a traqueia. O comprimento deve ser de acordo com as necessidades do paciente e seu tamanho normalmente varia entre 6mm a 26mm. É importante que a prótese se encaixe bem, caso contrário pode ser ineficaz e poderá causar desconforto.

"A maioria das próteses precisam ser alteradas devido a desgaste, dependendo de cada indivíduo. E o tamanho da prótese a ser inserido pode variar devido a alterações no tecido do paciente. Nossa invenção vai oferecer aos pacientes um sistema simples, que reduz o tempo e desconforto. Ela também irá diminuir o custo para o paciente, já que o número de procedimentos será reduzido", explicam os pesquisadores.

Segundo Lau, pacientes que necessitam de restauração da voz após a cirurgia para câncer de laringe tem que fazer várias consultas, e esse procedimento representa uma solução simples que pode salvá-los de desconforto, tempo e dinheiro.

"O sistema que concebemos tem várias vantagens sobre os métodos existentes, uma vez que não só reduz o número de passos e complexidade, mas também aumenta a precisão de posicionamento e a segurança, além de permitir a volta imediata da voz. No entanto pacientes ainda terão que colaborar com algum esforço, e trabalhar com terapeutas da fala para obter melhores resultados ao se expressar", conclui Lau.

O sistema foi testado com sucesso em animais, e está pronto para ensaios clínicos em humanos.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Câncer de garganta    Prótese vocal    Fala    Raffles Hospital    Chui Chee Kiong   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Câncer de garganta    prótese vocal    fala    Raffles Hospital    Chui Chee Kiong   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.