Saúde Pública
publicado em 05/10/2012 às 16h01:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Elza Fiuza/ABr
Dirceu Greco, diretor do Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais
  « Anterior
Próxima »  
Dirceu Greco, diretor do Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais

Os recém-nascidos filhos de mães vivendo com HIV e aids que não receberam antirretrovirais durante a gestação terão mais um recurso para reduzir o risco da transmissão do HIV de mãe para filho (transmissão vertical), com a introdução de um novo medicamento (nevirapina) no esquema de profilaxia. A novidade foi publicada recentemente em Nota Técnica do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

"O novo medicamento faz parte de uma série de intervenções implantadas pelo ministério para reduzir a transmissão vertical no país. Nos últimos 12 anos, conseguimos uma queda de 49,1% no número absoluto de casos de aids em crianças menores de 5 anos de idade. A meta é eliminar a transmissão vertical do HIV até 2015" , explica o diretor do Departamento, Dirceu Greco.

O ministério irá disponibilizar para cada estado uma quantidade de nevirapina xarope proporcional a média de partos realizados em mães soropositivas que não receberam antirretrovirais na gestação. Os recém-nascidos deverão receber sua primeira dose do medicamento ainda na maternidade - até 48 horas após o nascimento - e 3 doses ao longo da primeira semana de vida, de acordo com orientações descritas na nota técnica do ministério. Após a medicação, os recém-nascidos deverão ser encaminhados da maternidade para a primeira avaliação laboratorial e clínica, em serviço de assistência especializada em HIV/aids (SAE) até o 15º dia de vida.

Segundo o Departamento de Aids, a definição de incorporação do medicamento foi feita em consonância com a Comissão Assessora de Terapia Antirretroviral em Crianças e Adolescentes Infectados pelo HIV e a Comissão Assessora de Prevenção da Transmissão Vertical do HIV, Sífilis, Hepatites Virais e HTLV do Ministério da Sáude. Estudo recente demonstrou a superioridade na redução da transmissão vertical com a associação da nevirapina ao uso do AZT solução oral, único medicamento utilizado atualmente. A medida entrou em vigor assim que foi publicada a nota técnica.

Fonte: AGENCIA AIDS
   Palavras-chave:   Aids    HIV    Nevirapina    Transmissão vertical    Recém-nascidos    DST    Dirceu Greco    Ministério da Saúde   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Aids    HIV    nevirapina    transmissão vertical    recém-nascidos    DST    Dirceu Greco    Ministério da Saúde   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.