Geral
publicado em 04/10/2012 às 18h00:00
   Dê o seu voto:

 
tamanho da letra
A-
A+
Foto: Purdue University/Mark Simons
Arun Ghosh (sentado), líder do estudo. junto a sua equipe de pesquisa
  « Anterior
Próxima »  
Arun Ghosh (sentado), líder do estudo. junto a sua equipe de pesquisa

Cientistas da Purdue University, nos EUA, projetaram uma molécula capaz de atacar a doença de Alzheimer sem afetar os processos fisiológicos saudáveis do organismo.

A molécula, um inibidor muito potente e específico da enzima beta-secretase, é muito menos provável de causar efeitos colaterais.

"Esta molécula apresenta as mesmas propriedades anti Alzheimer de outros inibidores de beta-secretase, mas é muito mais direcionada. A seletividade que conseguimos é sem precedentes, o que nos fornece promessa para a produção de um medicamento de longo prazo para tratar a doença de Alzheimer sem danos ao paciente", afirma o líder da pesquisa Arun Ghosh.

Cada vez que um tratamento erra o alvo da doença e interage com uma célula saudável, isso causa danos que chamamos de toxicidade. Mesmo baixos níveis de toxicidade podem ser acumulados ao longo de anos e anos de tratamento e os pacientes precisariam ser tratados pelo resto da vida.

A nova molécula apresenta uma seletividade 7 mil vezes maior para a enzima alvo, que ultrapassa a seletividade de tratamentos tradicionais.

Inibidores de beta-secretase, que podem permitir intervir nas fases iniciais do Alzheimer, representam promessa como tratamento potencial para a doença. Vários medicamentos baseados neste alvo molecular têm sido feitos para ensaios clínicos, incluindo uma molécula criada por Ghosh e seus colegas anteriormente. Estas moléculas impedem que o primeiro passo de uma série de eventos que conduzem à formação de placas amiloides no cérebro, que se acredita causar os sintomas devastadores da doença.

Versões anteriores do inibidor de beta-secretase foram capazes de parar e até reverter a progressão de placas amiloides em testes em ratos, no entanto, era preciso que esses inibidores fossem transformados em uma droga de fácil administração que ultrapassasse a barreira sangue-cérebro.

Para isso, os pesquisadores realizaram cristalografia de raios-X e capturaram as estruturas cristalinas para revelar informações importantes dos inibidores.

"O desenvolvimento de inibidores em medicamentos de uso clínico é um processo evolutivo. Aprendemos o que funciona e o que não funciona ao longo do caminho, e o conhecimento nos permite melhorar na próxima etapa", afirma o pesquisador Jordan Tang.

A beta-secretase pertence a uma classe de enzimas chamadas proteases de aspartilo, que interagem com moléculas necessárias para o organismo.

Ghosh e sua equipe focaram no desenvolvimento de maneiras de tornar o inibidor mais seletivo, de modo que evitasse essas moléculas saudáveis do organismo.

Eles descobriram que a adição de uma característica funcional molecular que tem como alvo e interage com uma região única, torna o inibidor mais atraente para a beta-secretase e menos atraente para as outras enzimas.

"A abordagem serve como uma isca para a molécula de inibidor que seduz a beta-secretase e se une a ela com força, aumentando muito sua seletividade. Esta é uma visão fundamental sobre as origens da seletividade e sobre maneiras de aumentar essa característica", concluem os autores

Um artigo sobre o trabalho foi publicado no Journal of Medicinal Chemistry.

PurdueUniversity
Modelo da molécula capaz de atacar a doença de Alzheimer sem afetar os processos fisiológicos saudáveis do organismo.

Fonte: Isaude.net
   Palavras-chave:   Alzheimer    Enzima beta-secretase    Inibidor de enzima    Arun Ghosh    Purdue University   
  • Indique esta NotíciaIndique esta Notícia
  • Indique esta NotíciaCorrigir
  • CompartilharCompartilhar
  • AlertaAlerta
Link reduzido: 
  • Você está indicando a notícia:
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

  • Você está informando uma correção para a matéria:


Receba notícias do iSaúde no seu e-mail de acordo com os assuntos de seu interesse.
Seu nome:
Seu email:
Desejo receber um alerta com estes assuntos:
Alzheimer    enzima beta-secretase    inibidor de enzima    Arun Ghosh    Purdue University   
Comentários:
Comentar
Deixe seu comentário
Fechar
(Campos obrigatórios estão marcados com um *)

(O seu email nunca será publicado ou partilhado.)

Digite a letras e números abaixo e clique em "enviar"

  • Twitter iSaúde
publicidade
Jornal Informe Saúde

Indique o portal
Fechar [X]
  • Você está indicando a notícia: http://www.isaude.net
  • Para que seu amigo(a) receba esta indicação preencha os dados abaixo:

RSS notícias do portal  iSaúde.net
Receba o newsletter do portal  iSaúde.net
Indique o portal iSaúde.net
Notícias do  iSaúde.net em seu blog ou site.
Receba notícias com assunto de seu interesse.
© 2000-2011 www.isaude.net Todos os direitos reservados.